04 de março de 2020 às 20h33m
Jaguaruana, a "terra da rede", pode receber Indicação Geográfica instituída pelo INPI

O Núcleo de Tecnologia e Qualidade Industrial do Ceará (Nutec), por meio de sua Agência de Inovação, solicitou a primeira Indicação Geográfica de Procedência do Estado junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

O Núcleo de Tecnologia e Qualidade Industrial do Ceará (Nutec), por meio de sua Agência de Inovação, solicitou a primeira Indicação Geográfica de Procedência do Estado junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). O Nutec é vinculado à Secretaria da Ciência Tecnologia e Educação Superior (Secitece) do Governo do Ceará.

O projeto se deu em parceria com a Associação de Fabricantes e Artesãos de Jaguaruana (Asfarja), a qual representa os fabricantes de redes do município, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), o Campus Jaguaruana e a Secretária de Cultura do Estado do Ceará (Secult).

O município de Jaguaruana é amplamente conhecido como "a terra da rede". Esta fama marca seu caráter identitário desde os remanescentes indígenas até os dias de hoje, onde a tradição causa impactos para a sociabilidade dos municípios, a renda dos produtores e a economia local.

A coordenadora do Núcleo de Inovação tecnológica do Nutec, Silvanira de Oliveira, explica a importância da Indicação Geográfica (ID) para a produção local do município.

Silvanira de Oliveira destaca ainda que a Agência de Inovação do Nutec criou procedimentos de comercialização das redes sem fazer com que esta comercialização tenha perdido a essência e as origens, o que contribuiu com pedido de reconhecimento.


Fonte: Governo do Ceará

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001