06 de novembro de 2019 às 06h45m
Apple lança serviço de streaming nesta sexta-feira

Ao todo foram US$ 6 bilhões investidos para dar início às produções originais do Apple TV+

A empresa Apple lançará seu próprio serviço de streaming nesta sexta-feira, 8. Chamado de "Apple TV+", a ferramenta de audiovisual chegará a mais de 100 países e terá inicialmente o valor mensal de R$ 9,90 no Brasil. Diferente da Netflix, a plataforma terá 100% do seu catálogo baseado em produções próprias, sem contrato com estúdios de cinema ou televisão. Ao todo foram US$ 6 bilhões investidos para dar início às produções originais. As informações são da Folhapress.

De acordo com o diretor e produtor Francis Lawrence, há dois anos havia apenas "cinco ou seis pessoas" trabalhando no escritório da Apple TV+, quando ele a visitou no prédio em Los Angeles. Agora, segundo ele, "virou uma emissora completa".

Para realizar a produção das séries, houve um período de estudo sobre produtos bem sucedidos como "Game Of Thrones" e também de outros nem tão bem sucedidos assim, mas com um público fidedigno. Dentre as produções do streaming está a aposta principal "The Morning Show", que contará o drama envolvendo denúncias de assédio dentro de um programa de TV matinal. A série tem Jenniffer Aniston, Reese Witherspoon e Steve Carell no elenco.

Inicialmente The Morning Show seria uma série "leve" sobre a rotina dos funcionários do programa, mas após vários escândalos de assédio sexual serem divulgados na imprensa, seria irresponsável - de acordo com Witherspoon ao Yahoo Entertainment - não abordar o assunto. Com isso, a série foi reformulada, um novo roteirista contratado e um novo episódio piloto escrito e filmado.

Outra aposta é "See", de Steven Kgnith, que fala de uma sociedade onde humanos não conseguem mais enxergar. A produção contará com atores cegos e terá Jason Momoa no elenco, como chefe de uma tribo que precisa proteger os filhos adotivos. Além da série estrelada por Aniston e Mamoa, a plataforma também contará com produções de Steven Spielberg, J.J. Abrams e M. Night Shyamalan.


Fonte: O Povo

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001