01 de novembro de 2019 às 10h50m
Deputados destacam frente de apoio ao microempreendedor na AL

Repercutiu na Assembleia, na manhã de ontem (30), a criação da Frente Parlamentar de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Ceará na Assembleia Legislativa, efetivada na véspera.

Os deputados estaduais destacaram a importância da iniciativa para impulsionar essas atividades no Estado.

O deputado Fernando Santana (PT), que integra a Frente e foi o parlamentar que a propôs na AL, explicou que ela recebeu assinatura de 44 parlamentares, mas que considera o apoio deles “unânime”. “Os dois que não assinaram não o fizeram, pois estavam viajando em missão especial, e tínhamos um prazo para apresentar a proposta”, disse.

Sobre os objetivos, destacou a necessidade de apoio da categoria dos micro e pequenos empreendedores, que corresponde a 98,8 % dos CNPJs do Estado. As micro e pequenas empresas também são responsáveis por 27% do PIB cearense, e por quase 50% dos empregos formais do Estado.
“Esses números, por si, já indicam a importância de criação dessa frente, e da necessidade de ações que fomentem e estimulem a criação de novos negócios, que tem como principal consequência a geração de emprego e renda para o Estado, assim como retirar milhares de trabalhadores da informalidade”, declarou.

A ideia para a iniciativa, lembrou, ocorreu a partir do resultado da intervenção promovida por parlamentares, governo estadual e instituições bancárias, na situação enfrentada pelo pólo calçadista da região do Cariri no início do ano, cujo fechamento de empreendimentos ocasionou a perda de 10 mil empregos.

O parlamentar informou que essa interlocução proporcionou abertura de crédito para empresas e renegociação de dívidas. “O resultado foi que, de março para cá, nenhum empreendimento do pólo calçadista do Cariri foi fechado, e nenhum emprego foi perdido. É esse tipo de ação que essa frente irá propor”, adiantou.

Já Leonardo Pinheiro (PP) ressaltou que esses empresários são responsáveis por sustentar o País em meio à crise econômica. “Sabemos que não são as grandes empresas que sustentam a economia de um estado. São as pequenas empresas, que de forma difusa, geram economia, emprego e renda. Nós do Legislativo, junto com o Executivo, podemos e devemos dar suporte para o fortalecimento dessa categoria”, pontuou.

Leonardo Pinheiro observou, ainda, que esse colegiado trabalha com preceitos similares ao da Frente Parlamentar de Desenvolvimento Regional, em que é vice-presidente, pois buscam fortalecer as micro e pequenas empresas, assim como as microrregiões do Ceará.

A Frente Parlamentar é composta pelos deputados Fernando Santana (PT), Sérgio Aguiar (PDT), Guilherme Landim (PDT), Nizo Costa (PSB), Augusta Brito (PCdoB), Moisés Braz (PT), Elmano Freitas (PT), Romeu Aldigueri (PDT) e Nezinho Farias (PDT).


Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001