15 de setembro de 2019 às 10h45m
Prefeitura de Caucaia investe mais de R$ 20 milhões em melhorias na rede municipal de ensino

Prefeitura de Caucaia tem empenhado todos os esforços para garantir uma educação de qualidade na rede municipal de ensino

Ao todo, a gestão do prefeito Naumi Amorim investiu mais de R$ 20 milhões em melhorias que vão desde a construção e reforma de unidades escolares, anexos e quadras poliesportivas, bem como conferiu benefícios aos profissionais da Educação.
 
Na infraestrutura das escolas, creches e anexos, R$ 8,2 milhões foram destinados à reforma de escolas de educação infantil e ensino fundamental e também à construção de duas creches Pró-Infância (no Conjunto Metrópole e no Mirambé) e dois Centros de Educação Infantil (no Parque Albano e no Planalto Caucaia), com 26 unidades escolares contempladas.
 
As unidades escolares com reformas já licitadas são nove: 7 de setembro, Adélia Crisóstomo, Francisca Alves do Amaral, Verônica Maria Silva Menezes, Raimundo Jeronimo de Sousa, Antônio Albuquerque, Helena Aguiar Dias, Tia Lerliane e CEI Elton Costa.
 
Em paralelo, a Prefeitura começará a reformar ou construir quadras em outras 13 escolas nas próximas semanas em um investimento que ultrapassa os R$ 4 milhões em intervenções de grande porte apenas nos equipamentos esportivos. A expectativa é de que as obras iniciem tão logo todas as etapas dos processos licitatórios sejam cumpridas e publicadas, e as ordens de serviço assinadas.
 
Outros R$ 8,1 milhões foram destinados aos professores só este ano, com reajuste nos salários, pagamento de progressões e também na forma de incrementos nos auxílios transporte e alimentação.
 
"Caucaia têm grandes desafios, afinal somos a segunda maior rede de ensino do Estado, mas temos avançado a passos largos uma vez que a Prefeitura tem colocado como prioridade as ações e investimentos na Educação", afirma a secretária municipal de Educação, professora Camila Bezerra. 

- - - - - - -

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001