08 de agosto de 2019 às 11h04m
Samsung anuncia Galaxy Note 10, novo celular topo de linha da empresa

Pela primeira vez aparelho vem em dois tamanhos diferentes, com "buraco" para câmera na tela, semelhante ao Galaxy S10.

A Samsung anunciou nesta quarta-feira (7), durante um evento em Nova York, o novo smartphone topo de linha Galaxy Note 10. É o principal lançamento da empresa no ano e o maior desde que o Galaxy S10 foi anunciado em fevereiro.

O Galaxy Note 10 pela primeira vez tem dois tamanhos diferentes, com telas de 6,3 polegadas (para o modelo Note 10) e 6,8 polegadas (no modelo Note 10+) — este é também o maior aparelho da linha já lançado pela Samsung. Também pela primeira vez, o smartphone chega sem a saída para fone de ouvido.

O display segue o modelo apresentado no Galaxy S10, com um "buraco" para a câmera frontal, perto do topo. Essa câmera tem resolução de 10 megapixels. Os Note também contam com reconhecimento ultrassônico de digital na tela e têm processadores de 8 núcleos.

Os dois modelos do aparelho chegam com opção de conectividade 5G, uma rede que já está disponível na Coreia do Sul, terra da Samsung. A versão mais básica tem 8GB de memória RAM e armazenamento de 256GB, mas as versões mais parrudas têm 12GB de RAM e 512GB de armazenamento interno, que pode ser expandido.

Entre as principais novidades está uma atualização na interface DeX, que permite conectar o aparelho a um computador. Melhorada, essa funcionalidade promete abrir uma tela no computador com os aplicativos do celular para fácil acesso, podendo até arrastar e mover documentos e arquivos ou receber notificações. A empresa também trouxe novidades para conectar o Note 10 diretamente no Windows, com um comando simples nas configurações.

 

Preços e vendas

O Note 10 chega custando a partir de US$ 949 nos Estados Unidos, enquanto que o Note 10+ sai a partir de US$1.099. A data oficial de chegada do smartphone é dia 23 de agosto, em três cores. Ainda não foram divulgadas datas e valores para o Brasil.

O anúncio é uma tentativa da empresa de voltar ao ritmo de venda nos modelos mais caros, depois que as vendas de memórias e celulares caíram no primeiro semestre deste ano. No segundo trimestre, o lucro operacional da empresa caiu 56% em relação ao mesmo período de 2018.

Embora o faturamento da divisão de smartphones tenha sido positivo, com alta de 8% na comparação com o ano passado, o lucro também foi baixo nesse segmento: caiu 42%, principalmente por "ritmo de vendas fracas" do Galaxy S10 — os aparelhos que tiveram bons números foram os A50 e A70.

Ficha técnica

  • Tela: 6,3 e 6,8 polegadas
  • Resolução da tela: Full HD+ (Note 10) e Quad HD+ (Note 10+)
  • Câmera principal: tripla no Note 10, com 16, 12 e 12 megapixels; e quádrupla, no Note 10+, com 16 MP, 12 MP, 12 MP e 3D
  • Câmera frontal: 10 megapixels nos dois modelos
  • Memória RAM: 8 GB e 12GB
  • Armazenamento: 256 GB ou 512 GB
  • Capacidade da bateria: 3.500 mAh e 4.300 mAh

Fonte: g1.com

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001