11 de julho de 2019 às 08h35m
Governo do Ceará e empresa chinesa se reúnem para fortalecer criação de soluções tecnológicas para a segurança pública e sistema penitenciário

Com o objetivo de desenvolver novas soluções tecnológicas para o Estado do Ceará, os secretários da Secretarias da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e da Administração Penitenciária do Estado do Ceará (SAP) se reuniram com representantes da empresa chinesa, Dahua Technology, em Fortaleza, na sede da SSPDS.

A iniciativa ocorreu após pouco mais de um mês, que o governador Camilo Santana visitou a sede da companhia, em Hangzhou, na China.

A empresa é a segunda maior do mundo no fornecimento de produtos e serviços de vigilância por vídeo e atua em cerca de duzentos países.

Atualmente, o Ceará é exemplo para os demais estados brasileiros quando se trata do uso inteligente da tecnologia aplicada à segurança pública.

O exemplo disso é o funcionamento da inteligência artificial do Sistema Policial Indicativo de Abordagem (Spia), do Big Data "Odin" da Segurança Pública e de outras ferramentas que estão em desenvolvimento por meio de parcerias, como a existente entre a SSPDS e Universidade Federal do Ceará (UFC).

Segundo o secretário da Administração Penitenciária, Mauro Albuquerque, a ideia é ampliar a tecnologia do video monitoramento para o sistema penitenciário.

 

Segundo o secretário executivo da SSPDS, coronel Paulo Sérgio Braga, o próximo passo é conhecer a tecnologia utilizada pela empresa chinesa para saber como pode ser aplicada nas ações de segurança.

 

No dia 25 de abril, o governador Camilo Santana e o secretário de Relações Internacionais do Governo do Estado, César Ribeiro, se reuniram com o CEO da Dahua Technology, na cidade de Hangzhou, na China. Na ocasião, o chefe do Executivo cearense conheceu a expertise da empresa.

Foram apresentados projetos desenvolvidos pela companhia no uso de inteligência artificial na prevenção de crimes e investigação de delitos, além do serviço de monitoramento de presos que respondem pena em liberdade.


Fonte: Governo do Ceará

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001