08 de julho de 2019 às 08h12m
Brasil bate Peru e leva a Copa América

O Brasil é campeão da Copa América 2019 pela nona vez. Com muito mais drama do que o esperado, a Seleção derrotou o Peru e voltou a conquistar a competição depois de 12 anos.

Gabriel Jesus foi o grande nome da final disputada no Maracanã, com um gol e uma assistência, e conduziu a vitória por 3 a 1, mesmo sendo expulso no segundo tempo.

Assim como na primeira fase, o Peru decidiu se arriscar. De novo o Brasil teve problemas, mas de novo conseguiu um gol razoavelmente cedo para desmontar a estratégia peruana. Aos 14 minutos, Gabriel Jesus driblou três marcadores de uma vez e cruzou na medida para Everton bater de primeira e abrir o placar.

A seleção de Tite passou a jogar melhor, com tabelas rápidas e poucos riscos defensivos, só que recuou demais e permitiu que o Peru voltasse ao controle da partida. Christian Cueva chamou a responsabilidade e criava as melhores chances peruanas, inclusive a jogada que terminou com pênalti controverso de Thiago Silva. Por estar com o braço apoiado no chão, o toque de mão não deveria configurar pênalti, como fez o árbitro chileno Roberto Tobar mesmo após consulta ao VAR.

Paolo Guerrero empatou aos 44 minutos do primeiro tempo e deixou os peruanos ainda mais empolgados. Até que Roberto Firmino, nos acréscimos, conseguiu ótimo desarme no campo de ataque. Arthur arrancou, iludiu a marcação e acertou bela assistência para Gabriel Jesus finalizar no contrapé de Gallese.

O segundo tempo foi tomado por tensão. A partida ficou truncada, cheia de divididas e discussões. Gabriel Jesus, injustamente, recebeu o segundo amarelo e deixou a partida mais tensa. O Brasil precisou mudar a estratégia. Richarlison entrou no lugar de Firmino para dar novo gás ao ataque, enquanto Militão substituiu Coutinho para ser o lateral-direito e deixar Daniel Alves no meio de campo.
Nos minutos finais, Cebolinha caiu na área, o árbitro considerou o choque de Zambrano faltoso e deu pênalti – confirmado após consulta ao VAR. Richarlison, aposta de Tite, cobrou e fechou o placar.


Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001