11 de junho de 2019 às 10h26m
IBGE prorroga inscrições para seleção de 209 temporários, entre recenseadores e agentes censitários

São 180 vagas de nível fundamental para recenseadores e 29 para agentes censitários supervisores e municipais, que exigem ensino médio. Salário chega a R$ 2,1 mil.

Foram prorrogadas até sexta-feira (14) as inscrições para vagas temporárias para atuação no Censo Experimental, promovido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ao todo, são 209 vagas com salários que chegam a R$ 2,1 mil.

O Censo Experimental, previsto para acontecer entre setembro e novembro desde ano em Poços de Caldas, Minas Gerais, (MG), servirá como um ensaio geral para avaliar e aperfeiçoar os procedimentos previstos para o Censo Demográfico 2020.

As inscrições devem ser feitas, exclusivamente, por meio do site do Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade). A taxa é de R$ 42,50 para os cargos de Nível Médio, e de R$ 25 para o cargo que exige Ensino Fundamental.

Veja as vagas ofertadas pelo IBGE para o Censo Experimental:

  • 4 vagas para agente censitário municipal, de nível médio, cujo salário é de R$ 2.100
  • 25 vagas de agente censitário supervisor, de nível médio, com salário de R$ 1.700
  • 180 vagas de recenseador, de nível fundamental, cuja remuneração varia de acordo com o desempenho

Para os agentes censitários, a jornada de trabalho será de 40 horas semanais, com contrato de até seis meses de duração.

Já os recenseadores trabalharão, no mínimo, 25 horas por semana, além de terem participação obrigatória nos treinamentos, contrato válido por até dois meses e salário de acordo com a produtividade. Eles têm flexibilidade de horário, mas quanto mais domicílios visitarem, mais recebem.

 

A seleção será feita apenas por meio de prova objetiva aplicada em 4 de agosto, em Poços de Caldas.

O resultado final será divulgado no dia 29 de agosto, no site do Ibade, e a convocação dos aprovados está prevista para acontecer entre 2 e 6 de setembro.


Fonte: g1.com

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001