31 de maio de 2019 às 10h35m
Procedimentos bariátricos podem ser benéficos para adolescentes com obesidade severa, revela pesquisa recente

Uma pesquisa divulgada recentemente no periódico médico “New England Journal of Medicine” mostrou que os procedimentos bariátricos estão sendo benéficos para a saúde dos adolescentes obesos.

Os pesquisadores acompanharam 161 adolescentes, com idades entre 13 e 19 anos, e 396 adultos, entre 25 e 50 anos, durante cinco anos após a realização do procedimento. O estudo mostrou que os candidatos reduziram seu peso e resolveram problema de pressão alta e diabetes, em sua maioria.

De acordo com o cirurgião endoscópico, Helmut Poti, os procedimentos devem ser indicados para pacientes com obesidade de grau 2 e que não mostraram resultados após vários meses de tratamento com dieta e prática de exercício físico regular. “Todos os critérios que devem ser avaliados por uma junta profissional”, reforçam. Outro estudo, da Imperial College London e da OMS, também aponta que o número de adolescentes obesos em todo o mundo aumentou dez vezes nas últimas quatro décadas.

Entre os procedimentos, a gastroplastia endoscópica surgiu como uma alternativa à cirurgia bariátrica. Realizada por meio de endoscopia, a intervenção é menos agressiva e o estômago é reduzido por meio de suturas. De acordo com Helmut, a alternativa é uma maneira segura e rápida de fazer o procedimento. “Como não há a necessidade de cortes, a duração da cirurgia é de cerca de 40-50 minutos e o paciente é liberado pouco mais de uma hora após o procedimento”, salienta.


Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001