31 de maio de 2019 às 10h25m
Comissão da Infância e Adolescência visitará mais uma entidade de acolhimento nesta terça-feira

Sob a presidência da deputada Érika Amorim (PSD), a Comissão da Infância e Adolescência da Assembleia Legislativa dá prosseguimento, nesta terça-feira (04/06), a série de visitas a entidades de acolhimento institucional de crianças e adolescentes, em Fortaleza e Região Metropolitana.

"Desta vez vamos a uma só entidade. Esta será a sexta instituição a receber nossa Comissão. Reforço que nosso intuito é ajudar essas casas avaliando as principais necessidades e propondo melhorias. A Comissão da Infância também tem o papel de dar suporte a todos aqueles que assistem nossas crianças e adolescentes", destaca a deputada.


Ao todo, 22 instituições serão visitadas ao longo do ano. "O objetivo é conhecer as condições estruturais das unidades e obter informações sobre cada um dos acolhidos", reforça a parlamentar. As visitas acontecerão sempre às terças-feiras, a partir das 8h30, alternando a cada 15 dias. São esperados os deputados que compõem a Comissão da Infância e Adolescência, além dos demais parlamentares da Casa.


Balanço

Cinco entidades de acolhimento já receberam a Comissão da Infância. A deputada Érika Amorim já pontua algumas constatações que devem ser avaliadas com encaminhamentos. De acordo com ela, integralizar os CRAS – Centro de Referência de Assistência Social com os CREAS – Centro de Referência Especializado de Assistência Social já é um importante passo que deve ser analisado para melhorar a assistência às nossas crianças e adolescentes.


Além disso, Érika Amorim quer que a Comissão atue na promoção de oficinas de capacitação de profissionais que lidam com a realidade destes abrigos. "É importante também estimular a sociedade e fazê-la ter conhecimento dos programas de apadrinhamento, além de reforçar o debate sobre a celeridade de casos que compreendem a adoção", destaca.


Fonte: Arituza Timbó

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001