03 de maio de 2019 às 08h56m
TCE Ceará participa de reunião sobre Programa Fortaleza Cidade Sustentável

Representantes do Tribunal de Contas do Estado do Ceará participaram, no final da manhã desta quinta-feira (2/5), no Paço Municipal, de reunião sobre o Programa Fortaleza Cidade Sustentável (FCS), maior pacote de ações voltadas especialmente para o meio ambiente na Capital, de acordo com o prefeito Roberto Cláudio, que comandou o encontro.

Representantes do Tribunal de Contas do Estado do Ceará participaram, no final da manhã desta quinta-feira (2/5), no Paço Municipal, de reunião sobre o Programa Fortaleza Cidade Sustentável (FCS), maior pacote de ações voltadas especialmente para o meio ambiente na Capital, de acordo com o prefeito Roberto Cláudio, que comandou o encontro. O TCE Ceará vai auditar o programa, no valor de US$ 73,3 milhões.

O financiamento será por meio da contratação de operação de crédito externo com o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird – Banco Mundial), já aprovada pelo Senado Federal. O relatório de auditoria a ser feito pelo TCE Ceará será entregue em até 180 dias após a assinatura.

Gabinete da Presidência, Mirla Fontenele, o secretário de Controle Externo, Raimir Holanda, o assessor de Planejamento e Gestão, Glinton Bezerra, e o de gerente de Fiscalização de Operações de Crédito Externas e Tecnologia da Informação, Reuben Bezerra.

Também na reunião, o gerente Setorial de Desenvolvimento Urbano para América Latina e Caribe do Banco Mundial, Ming Zhang; e a titular da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz, para tratarem das estratégias para as etapas do Programa, além de discutirem o status da assinatura do financiamento.

Um Termo de Cooperação Técnica para subsidiar ações do Programa Fortaleza Cidade Sustentável será celebrado, em breve, entre o Tribunal de Contas do Ceará e a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma).

Saiba mais

Uma das principais iniciativas previstas no Programa Fortaleza Cidade Sustentável é a requalificação do Parque Rachel de Queiroz, com 200 hectares de áreas que perpassam 14 bairros. As intervenções contemplarão limpeza, dragagem, recuperação de mata ciliar e do rio, bem como a construção do parque urbano com calçadão, ciclovia, área de lazer e pontes para travessia.

O Programa também prevê a implementação de projetos como o Águas da Cidade da Política Ambiental do Município, que beneficiarão os fortalezenses, na viabilização da ligação gratuita à rede pública de abastecimento de água e coleta de esgoto em domicílios de baixa renda.


Fonte: TCE CE

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001