23 de abril de 2019 às 14h03m
Segurança do paciente: índice de infecções em UTI reduz no Ceará com projeto colaborativo

No Ceará, os hospitais da rede Estadual participam do programa nacional de melhoria de segurança do paciente em larga escala.

No Ceará, os hospitais da rede Estadual participam do programa nacional de melhoria de segurança do paciente em larga escala.

Trata-se do Projeto Colaborativo "Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala no Brasil", que faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS).

É uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Institute for Healthcare Improvement (IHI). O programa tem duração de três anos.

Os hospitais cearenses selecionados pelo Ministério da Saúde já registram a redução da incidência de casos de Infecção Relacionada à Assistência à Saúde (IRAS) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto.

No Ceará, fazem parte do projeto nacional os hospitais Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral, Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA), Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC) e Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM), em Fortaleza.

Tânia Coelho, infectologista e secretária-executiva de Atenção à Saúde da Sesa explica a importância do projeto e a participação de hospitais da rede estadual do Ceará.


Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001