08 de março de 2019 às 10h38m
Deputados denunciam más condições das BRs no Ceará

A precária situação de rodovias federais que cortam o Ceará chamou a atenção dos deputados estaduais.

Vários parlamentares usaram a tribuna da Assembleia Legislativa, durante sessão plenária de ontem, para apontar trechos de estradas considerados críticos e que colocam em risco a vida da população e a atividade comercial dos municípios.

O deputado Nizo Costa (Patri) alertou os demais parlamentares sobre pontos “bastante críticos” no trecho da BR-122, que liga o município de Quixadá a Banabuiú, e na BR-116, no trecho que liga os municípios de Quixadá a Chorozinho. “As pessoas cobram da gente providências junto ao DER por não entenderem que, neste caso, são rodovias federais. Temos que ir até o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para cobrarmos os reparos, pois estão em péssimas condições”, relatou.

Na mesma linha, o deputado Osmar Baquit (PDT) ressaltou a necessidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes intervir nas estradas que ligam o município de Quixadá ao Triângulo de Russas e Quixadá a Banabuiu.
Segundo o parlamentar, as estradas estão sem nenhuma estrutura para tráfego. “São estradas esburacadas e acabadas. Os riscos de dirigir são imensos. São precisos providências urgentes para evitar uma tragédia e peço a colaboração do Dnit e da bancada federal”, assinalou.
Já o deputado Carlos Felipe (PCdoB) ressaltou a má qualidade das estradas recuperadas pelo Dnit. Segundo o parlamentar, além da qualidade ruim, existe demora na recuperação das vias. “São muitos acidentes e muitas pessoas já perderam a vida por conta de estradas ruins”, disse.

Carlos Felipe enfatizou que a Casa deve fazer uma nota de repúdio ao Dnit, como forma de cobrar ações mais efetivas e melhor qualidade. “Quando prefeito de Crateús precisei ir ao Dnit solicitar recuperação de estradas várias vezes e existem vias que ainda não foram consertadas e representam perigo há quatro anos. Existe demora na licitação e em todo processo”, assinalou.

Punição
Diante das reclamações, a deputada Dra. Silvana (PR) disse que o deputado federal Dr.Jaziel (PR/CE) está apresentando um projeto de lei para multar o Dnit, quando o órgão não recuperar estradas de maneira ágil.
Segundo a parlamentar, existem vias que estão intransitáveis há muito tempo sem nenhuma previsão de conserto. “Todo mundo já foi multado, mas se um acidente acontece em uma estrada esburacada, nada é feito. Devemos responsabilizar os órgãos que tem a obrigação de prezar pelas nossas vias”, assinalou.

Contraponto
Em contraponto às críticas, o deputado Salmito Filho (PDT) informou que estão sendo tomadas as providências para recuperar o trecho danificado da BR 122, que liga os municípios de Pirangi e Quixadá.
De acordo com o parlamentar, o Dnit comunicou que ainda está providenciando a licitação para a Operação Tapa Buraco no trecho, e facultou ao Departamento Estadual de Rodovias (DER) a realização de obras imediatas no momento. “O DER se mostrou disposto a providenciar estas obras, o mais imediatamente possível, no sentido de dar tranquilidade para os condutores que transitam naquele trecho”, salientou Salmito.

 
 
 
 
 

Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001