05 de fevereiro de 2019 às 11h20m
Prefeitura de Cedro realiza Semana Nacional Prevenção de Gravidez na Adolescência

Pela primeira vez o Governo Municipal participa da ação, que acontece de 04 a 08 de fevereiro

Constam da programação palestras, rodas de conversas, vacinação, testes rápidos e instruções sobre o tema em emissoras de rádios locais. A Semana Nacional tem por palco as Unidades Básicas de Saúde, Escolas e Grupo LGBT do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS I).



O objetivo é disseminar informações sobre medidas preventivas e educativas que contribuam para a redução da incidência da gravidez precoce. Participam profissionais da área da saúde e do Programa Saúde na Escola (PSE), enfermeiros e comunicadores.



O prefeito Dr. Nilson Diniz ressalta o impacto positivo de uma ação desta, afirmando que a Semana Nacional tem prosseguimento, que ao longo dos meses serão desenvolvidas atividades em escolas e postos de saúdes do município. "É uma ação da maior relevância. Precisamos focar atenções cada vez mais em nossas adolescentes".



Programação bem diversa

Serão desenvolvidas palestras educativas nas escolas com a participação de pais e estudantes, rodas de conversas com grupo de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais ou Transgêneros (LGBT+), além da participação da Ordem DeMolay de Cedro. Também está agendada vacinação e teste rápido com detentos do presidio local.



O Secretário de Saúde Russel Sirius, explica que os profissionais vêm participando de capacitações para ampliar as ações. "Nossos profissionais de saúde passam por diversas capacitações e em conjunto com o Programa Saúde da Escola (PSE), estaremos focando na prevenção", ressalta.



Panorama nacional

O Brasil tem conseguido reduzir os casos de gravidez na adolescência com a implementação de ações e campanhas de prevenção e educação sexual, além de avanços científicos e da evolução dos métodos contraceptivos. Dados do Ministério da Saúde de 2015 revelam mais de 546 mil nascidos vivos de mães com idade entre 10 e 19 anos, contra mais 661 mil em 2004, o que representa uma queda de 17%.



O Ministério da Saúde oferece uma série de métodos contraceptivos gratuitos por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). São ofertados preservativos (masculino e feminino), pílula combinada, anticoncepcional injetável mensal e trimestral, dispositivo intrauterino com cobre (DIU Tcu), diafragma, anticoncepção de emergência e minipílula.



A Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência ficou instituída por meio da Lei nº 13.798/19, que acrescenta o artigo 8º à Lei nº 8.069/90 do Estatuto da Criança e do Adolescente.



Carnaval seguro

Assuntos relacionados à sexualidade também fazem parte do programa Saúde na Escola, conjunto de ações voltadas à promoção, à prevenção e à atenção à saúde dos estudantes. "As aulas iniciaram e estaremos atentos. Vamos intensificar as ações durante todo o mês de fevereiro como forma de alertar sobre uso de camisinha, por conta do período carnavalesco", ressalta a Coordenadora da Atenção Básica, Simone Firmo.

 

 

Fonte: Marciel Bezerra

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001