24 de janeiro de 2019 às 13h52m
Terras: ministro do Meio Ambiente fala em ‘excesso de demarcações’

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, atacou o que chamou de “excesso de demarcações” de terras indígenas e unidades de conservação ambiental e foi rebatido em seguida pelo indígena fulni-ô Wilke Torres de Melo.

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, atacou o que chamou de “excesso de demarcações” de terras indígenas e unidades de conservação ambiental e foi rebatido em seguida pelo indígena fulni-ô Wilke Torres de Melo. “As terras que se encontram na Amazônia Legal são terras que precisam ser conservadas. Ministro, isso não passa por uma questão de ideologia, isso passa por compromisso com as políticas pública e ambiental do país”, disse Melo, da APIB (Articulação dos Povos Indígenas do Brasil), a principal rede de organizações não governamentais indígenas.

Salles e Melo integravam uma mesa de debate no encontro “perspectivas dos direitos constitucionais indígenas”, realizado na PGR. Embora tenha dito duas vezes que “não era sua especialidade” o tema indígena, Salles criticou a política de demarcações.


Fonte: O estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001