29 de dezembro de 2018 às 17h50m
Governo do Ceará entrega 1.024 unidades do Orgulho do Ceará II

"Receber as chaves do meu apartamento hoje é a realização de um sonho e fruto de muita luta da comunidade junto com o Governo

É a nossa esperança de um futuro melhor para as nossas famílias", falou a agente de saúde Tânia Canuto Carneiro, 36 anos, que recebeu das mãos do governador do Ceará, Camilo Santana, as chaves de um dos 1.024 apartamentos do residencial Orgulho do Ceará II, entregue à população neste sábado (29).

A história de luta foi lembrada por Camilo Santana durante a solenidade, que contou com a presença do secretário das Cidades, Paulo Henrique Lustosa, do gerente geral do Banco do Brasil, Marcos Paulo, e do prefeito de Pacatuba, Carlomano Marques. "Esse residencial tem grande importância pra mim porque pude acompanhar desde o início, quando negociamos com os moradores da região e junto a eles pensamos o projeto e lutamos por ele. Fico feliz por ver muitos  deles, assim como a Tânia, passarem o ano de casa nova", falou o governador.

O empreendimento, localizado em Pacatuba, faz parte do Programa Minha Casa Minha Vida e tem como agente financeiro o Banco do Brasil. O investimento total do residencial é de R$ 133.599.040,00, sendo R$ 129.407.040,00 do Governo Federal por meio do Ministério das Cidades, e R$ 4.192.000,00 do Governo do Estado do Ceará. A primeira etapa do residencial que contemplou 1.072 apartamentos foi entregue em agosto de 2018. 

O residencial Orgulho do Ceará II possui um total de 2.096 unidades habitacionais, e os beneficiários são indicados pela prefeitura de Maracanaú e pelo Governo do Estado. Os apartamentos possuem 42m² divididos em sala, dois quartos, banheiro e cozinha. O Condomínio possui os seguintes equipamentos comuns: oito quadras de esportes, oito centros comunitários e oito lixeiras e um posto policial.

pós a entrega das chaves o governador garantiu a celebração de um convênio para a construção de equipamentos de um Centro de Referência de Assistência Social (Cras), um posto de saúde, uma escola e uma creche, além da implantação de uma base fixa da Polícia Militar. "O sonho de todas as famílias é ter uma casa própria e trabalharemos dia e noite para que possam desfrutar desse sonho com muita paz, saúde e educação", garantiu.

"É com muita emoção que vou receber a chave do meu apartamento, poder contar com um lugar com estrutura adequada para criar meus filhos e construir a história da minha família", falou emocionada Adriana Lima dos Santos, de 29 anos. Natural de Pacatuba, a dona de casa poderá se mudar junto com o esposo Luís Carlos e os dois filhos, Caique e Carlos Emanoel, a partir da próxima segunda-feira (31).

Quem também comemora a realização do sonho da casa própria é o casal Antônio Lustosa e Maria Eunice, de 67 e 68 anos, respectivamente. "É uma felicidade muito grande sair do aluguel e nos dá muita esperança que o próximo ano será muito melhor do que o que está acabando", falou o aposentado.

Nos últimos quatro anos, foram entregues em todo território cearense 31.543 unidades habitacionais, incluindo obras do Programa Minha Casa Minha Vida, convênios com municípios, Projeto Maranguapinho e Dendê. O total de investimentos chega a R$ 1.919.347.440,13. As regiões mais populosas e onde há um déficit habitacional mais latente, como Região Metropolitana de Fortaleza, Cariri e Norte do Estado foi as principais beneficiadas. Durante o ano de 2018 vão ter sido entregues, até o final do ano, 11.827 unidades habitacionais, o que corresponde a um investimento total de 783.735.926,66, estão previstas para serem entregues 4.949 unidades habitacionais, sendo 4.428 unidades do Programa Minha Casa Minha Vida.


Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001