28 de agosto de 2018 às 12h53m
Naumi Amorim articula com Eunício Oliveira votação de financiamento para dia 3

Após meses de intensas articulações, o prefeito Naumi Amorim definiu com o presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira, a data de votação do financiamento de 80 milhões de dólares solicitado por Caucaia ao Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

A matéria irá a plenário em 3 de setembro. “Essa é uma conquista histórica. Nós estamos conseguindo esse dinheiro em tempo recorde. Cidades muito maiores demoram anos pra receber e Caucaia deve receber esse recurso na conta ainda esse semestre. É uma vitória do povo e do desenvolvimento”, comemora Naumi.

O gestor refere-se ao Programa de Infraestrutura Integrada (PII), onde toda a verba do financiamento será investida. Mais de 60% do montante irá para ações de mobilidade urbana, como construção de pontes e viadutos, requalificação de espaços, criação de ciclofaixas, abertura de vias etc.

Na cotação de hoje, esses 80 milhões de dólares equivalem a R$ 344 milhões. “O prefeito Naumi e a primeira-dama Erika Amorim têm procurado fazer um grande trabalho em Caucaia. Essa é uma luta que não começou agora. Desde o começo da gestão dele que lutamos. Porque pro Nordeste tudo é muito difícil. E conseguir tanto dinheiro assim pra um único município já não é uma coisa fácil”, comenta Eunício Oliveira.

Segundo o parlamentar, o pedido de financiamento já foi liberado pela Casa Civil e hoje está sendo encaminhado ao Congresso. No Senado, passará imediatamente pela Comissão de Assuntos Econômicos para depois ser votado em plenário. “Se a comissão não der um parecer com brevidade, eu mesmo levo para o plenário. O Regimento Interno me permite isso. O povo de Caucaia deve ter a absoluta certeza de que essa matéria será uma das minhas prioridades da próxima semana”, adianta o senador.

Eunício enaltece o poder de articulação de Naumi. “Graças ao dever de casa feito pelo prefeito Naumi com o acompanhamento da dona Erika, nós conseguimos, depois de muita luta, num momento tão difícil da economia brasileira, algo desta magnitude. Há casos de uma operação dessas demorar até dez anos. Esse é um processo de desenvolvimento”, sintetiza o presidente do Congresso.

_______EDUCAÇÃO

Formação sobre cultura afrobrasileira será certificada pela Palmares

A Secretaria Municipal de Educação (SME) iniciou nesta segunda-feira (27/8) a segunda etapa da formação dos professores de História da rede de ensino de Caucaia sobre o tema “O que você sabe sobre a África?”.

Essa formação integra o projeto “Conhecendo Nossa História: da África ao Brasil”, resultado de convênio celebrado entre a Prefeitura de Caucaia e a Fundação Cultural Palmares, vinculada ao Ministério da Educação (MEC).

A formação terá duração de 120 horas, com aulas presenciais e a distância, sob a coordenação de técnicos da Palmares e da Supervisão de Inclusão Étnico Racial e Territorial da Diretoria de Ensino da SME.

Ao todo, cerca de cem professores estão se preparando para receberem o certificado e cumprirem com maior eficiência a Lei 10.639/203, a qual determina que todas as escolas do país ensinem a história e cultura afrobrasileira.

Representantes da Fundação Palmares estiveram em Caucaia no último dia 25 de maio para a celebraçao do convênio com a Prefeitura. Também nessa ocasião, depois de apresentações culturais, firmou-se a Resolução sobre o Ensino Quilombola, documento que regulamenta especificidades do ensino nas escolas situadas em território quilombola em Caucaia.

__________

CUMBUCOR

Intervenção urbana colore a vila em Caucaia

Esse domingo (26/8) foi de muita arte visual, alegria e cultura em um projeto pioneiro na vila do Cumbuco, em Caucaia. O Cumbucor reuniu 12 artistas de rua, incluindo dois talentos do município, com o objetivo de montar um painel coletivo em dez residências da rua Almirante Sílvio Figueiredo de Magalhães.

Secretário municipal de Turismo e Cultura, Paulo Guerra acredita que o dia foi memorável para história da vila do Cumbuco. “A união desses talentosos artistas neste projeto piloto deixa o colorido da cultura do passado misturando com a modernidade urbana”, destacou.

Para o idealizador do projeto, o artista mineiro Júnior Zapata, a ideia é tirar o turista da praia e trazer o visitante para conhecer as ruas da vila. “Que se torne uma vila cultural e que os moradores tenham oportunidade de expor seu comércio, seu artesanato, marisqueiras, rendas e com isso fazer gerar renda para os moradores em suas próprias casas”, explicou.

Os 12 artistas pintaram temáticas que ressaltaram a cultura local. A ideia uniu a simplicidade da comunidade ao estilo moderno e urbano da pintura. Posteriormente outras ruas da vila receberão a intervenção.

Convidado pelo artista Júnior Zapata, Jessé Martins há sete anos faz parte de um grupo de grafiteiros de Caucaia. “É uma ótima oportunidade de a gente mostrar nosso trabalho. Aqui estou desenvolvendo uma paisagem que retrata a comunidade dos pescadores do Cumbuco”, revelou.

De passeio pela praia, a turista de São Paulo Marisa Nuaz encantou-se com os desenhos. “É como se as casas ganhassem vida própria. Ficou belíssimo. Passear por aqui agora virou atração cultural.”

Moradora há 60 anos do Cumbuco, dona Antônia Garcia nunca tinha visto tantos artistas reunidos para transformar as cores das fachadas das casas da vila. “Está ficando bonito, mais colorido e alegre. Estou muito feliz.”

_________

FINANÇAS

Nova Metrópole e Matões sediam hoje audiências audiências públicas da LOA

Mais duas localidades de Caucaia sediam nesta segunda-feira (27/8) audiências sobre a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2019. Promovidos pela Prefeitura, os encontros têm o objetivo de coletar sugestões da população sobre como os recursos públicos devem ser investidos.

Os moradores do Conjunto Nova Metrópole e Matões estão sendo ouvidos por técnicos da Controladoria Geral do Município (CGM) e da Secretaria Municipal de Finanças, Planejamento e Orçamento (Sefin), pastas promotoras das atividades, cuja programação encerra nesta terça-feira (28/8) com mais dois encontros.

Ambas as ações de amanhã acontecerão às 16 horas. Um deles será na Tucunduba; o outro, no Mirambé. Com isso, CGM e Sefin terão realizado audiências em todas as regiões de Caucaia.

A primeira delas ocorreu na Sede, dia 23. No dia seguinte, as populações da Jurema, Sítios e Catuana novos foram ouvidas. No dia 25, os encontros aconteceram na Tabuba e no Bom Princípio.

Para facilitar a participação popular, as audiências acontecem por área de atuação. São abordados temas como educação, saúde, segurança, assistência social, geração de renda, transporte, infraestrutura, esporte, juventude, cultura e turismo.

Ao final das audiências, a Prefeitura fará um diagnóstico de tudo o que foi colhido nos encontros. Haverá após isso uma discussão com todos os secretários municipais para viabilizar as demandas de origem da participação popular.

A previsão é de que no fim de setembro o orçamento para o exercício de 2019 seja encaminhado à Câmara Municipal de Caucaia.

SERVIÇO
AUDIÊNCIAS PÚBLICAS DA LOA

27 DE AGOSTO, ÀS 9 HORAS
Cras Metrópole: rua 127 esquina com rua 141, 188, Conjunto Nova Metrópole.

27 DE AGOSTO, ÀS 17 HORAS
Cras Matões: rua José Paulino de Moraes, s/n, Matões.

28 DE AGOSTO, ÀS 16 HORAS
Escola José Nunes de Miranda: BR-020, Km 36, Tucunduba.

28 DE AGOSTO, ÀS 16 HORAS
Escola Maria de Lourdes Rocha: rua da Igreja, 614, Mirambé.


Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001