08 de março de 2018 às 05h37m
Ceará receberá Centro Regional de Inteligência da PF

A medida contou com o apoio de todos os governadores da Região Nordeste

Em uma reunião na tarde de ontem, quarta-feira (7), entre o presidente do Senado, Eunício Oliveira, o governador Camilo Santana, o presidente Michel Temer e o ministro de Segurança, Raul Jungmann, foi oficializada a instalação do Centro Regional de Inteligência para integrar as ações de combate ao crime organizado na Região. 

Defendida pelo chefe do Executivo cearense, a proposta de criação de um Centro Regional de Inteligência da Polícia Federal do Nordeste, tendo o Ceará como sede, contou com o apoio de todos os governadores da Região. O motivo principal para o Estado ser colocado como sede da ação foi a localização geográfica estratégica do território cearense. "Iremos fortalecer muito a nossa luta contra o crime organizado e ajudaria na construção de políticas mais firmes nos estados e nacionalmente", disse. 

Organização

No último mês de fevereiro, Camilo sancionou a lei que cria a Vara de Delitos de Organizações Criminosas, que passa a ser o setor do Judiciário responsável exclusivamente por receber todo crime que seja praticado e identificado como sendo de grupo ou organização criminosa. O chefe do Executivo argumentou aos outros governadores que defende que, nacionalmente, a Segurança Pública tenha em mãos o controle de acordo com a atividade do criminoso. “Quero aqui defender aqui a classificação dos nossos criminosos, para que um traficante não seja colocado no mesmo nível de alguém que comete um furto, e que não se permita que as organizações criminosas consigam liminares para soltar os seus integrantes. Isso é um absurdo. Precisamos criar um cadastro, com informações ao Judiciário, e evitar que algo assim continue a acontecer”, afirmou.


Fonte: cnews.com.br

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001