01 de março de 2018 às 18h29m
Governo do Ceará apresenta políticas exitosas de educação e infância para diretoria do Banco Mundial

A vice-governadora Izolda Cela e a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, se reuniram com o diretor do Banco Mundial e ex-ministro da Educação do Peru, Jaime Saavedra. O encontro realizado, nesta quinta-feira (01), no Palácio da Abolição, serviu para debater as experiências exitosas do Ceará na área da educação e da infância.


A vice-governadora apresentou para os diretores do BIRD, a história e os dados do Programa Alfabetização na Idade Certa (PAIC). Izolda Cela analisou e comemorou os bons resultados divulgados pelo Inep, que mostram o Ceará como o quinto colocado no Brasil e líder do nordeste no ranking de melhores instituições de ensino, mas disse que o trabalho deve continuar. “Nós estamos em uma rota que se mostra acertada. Tanto que a comitiva do Banco Mundial está aqui por causa desses resultados. Não há dúvida de que temos que melhorar ainda mais, principalmente no ensino médio. Mas isso também passa por uma reestruturação do ensino fundamental”, destacou a vice-governadora.
Já a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, falou sobre o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (Padin), uma ação do programa Mais Infância Ceará, na qual a primeira-dama é idealizadora. “Já está provado que investir na primeira infância é ter êxito no futuro. É por isso que surgiu o programa Mais Infância Ceará”, ressaltou. Ela destacou ainda que a parceria do Governo do Estado com o Banco Mundial está gerando resultados positivos. “O Banco Mundial já é parceiro nas ações no Programa Mais Infância Ceará. E uma das ações é o Padin, que é um trabalho realizado pela Seduc em parceria com os municípios. Teremos brevemente os resultados da avaliação de impacto do Padin. Durante um ano acompanhamos as famílias com crianças de 0 a 3 anos que estão em vulnerabilidade social. Na última terça-feira (27), foi ampliado atendimento para mais 15 municípios, sendo o total de 50 municípios “.
Também estiveram presentes destacando os índices de educação no Estado, os secretários e representantes das pastas da Fazenda, Planejamento, Educação e do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). 
“Ceará é uma inspiração para o Brasil”
O presidente do Banco Mundial, Jaime Saavedra, disse que a educação no Ceará é referência para outros Estados do Brasil e até para outros países do mundo. “Nós estamos aqui para aprender com a experiência do Ceará sobre como melhorar o processo de aprendizagem. Sem dúvidas, o Ceará é uma inspiração para todos no Brasil”, disse. Jaime ainda falou da parceria entre o Banco Mundial e o Governo do Estado. “É uma relação de duas vias. Queremos ajudar o Ceará a continuar melhorando suas políticas de educação de tal maneira que outros países possam se espelhar no que está sendo feito aqui”, concluiu. 
Jaime Saavedra vai aproveitar a estadia no Ceará para visitar escolas de Fortaleza. Depois, ele viaja para Sobral para conhecer as experiências de educação do município.

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001