27 de fevereiro de 2018 às 06h05m
Cassado, Demóstenes vai acionar STF para voltar ao Senado

Ex-senador se filiou ao PTB. STF anulou provas que o condenaram.

O ex-senador Demóstenes Torres entrou com petição para que o Senado decida até esta 4ª feira (28.fev.2018) se anulará a cassação de seu mandato. Caso contrário, recorrerá ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Afastado em 2012, Demóstenes quer voltar a ser senador. Ele fez carreira no DEM de Goiás. Filiou-se agora ao PTB, apadrinhado por Jovair Arantes, líder do partido na Câmara.

O pedido de anulação da cassação, feito por ele em julho de 2017, ainda não tem relator na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça).

Para se candidatar ao Senado, ele teria que se desincompatibilizar da função de procurador até abril, 6 meses antes das eleições.

“O STF invalidou as provas que levaram à minha cassação. Só falta o Senado reconhecer”, disse.

Demóstenes está inelegível até 2027 pela Lei da Ficha Limpa –da qual foi o relator na Casa.

O ex-senador teve o mandato cassado em 2012. Ele respondia a processo por corrupção passiva e advocacia privilegiada em favor do empresário Carlinhos Cachoeira.

As provas que embasaram a denúncia foram anuladas pelo STF (Supremo Tribunal Federal (STF) em 2016.



Fonte: www.poder360.com.br

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001