26 de fevereiro de 2018 às 13h50m
Hospital José Martiniano de Alencar forma primeiros residentes em cirurgia geral

Nesta segunda-feira, 26, profissionais de saúde comemoram a formação dos primeiros residentes em cirurgia geral do Hospital e Maternidade José Martiniano de Alencar (HMJMA), da rede pública do Governo do Ceará

A solenidade de formatura será às 9 horas, no salão de entrada do hospital, com a aula “O Cirurgião no Século XX”, ministrada pelo presidente do Diretório Nacional do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, Savino Gasparini Neto.

Em média, cinco residentes de diferentes unidades hospitalares da rede pública passam, por mês, pelo Hospital Martiniano de Alencar, como parte do programa de residência do Estado. Nos últimos dois meses, foram oito. Destes, dois concluem a residência no Martiniano de Alencar. “Escolhi o HMJMA para fazer a residência porque, ao conhecer o hospital e me informar sobre a equipe de cirurgia, vislumbrei uma capacidade de superação e um empenho no atendimento público de excelência”, declara Moisés Francisco da Cruz Neto.

alt

Para o jovem médico, a experiência vivenciada durante a residência foi importante não apenas para aprimorar o conhecimento técnico, mas também para compreender e estimular o atendimento humanizado. “A residência foi muito além de apenas conhecimento das técnicas cirúrgicas, foi aprender com grandes mestres mais do que a técnica. O cuidado com o paciente é essencial. O residente está no hospital para aprender e para vivenciar situações críticas sob a orientação de profissionais empenhados em te dar a melhor formação possível”, ressalta Moisés.

"Fiquei muito satisfeito com a evolução deles durante os dois anos de residência e tenho certeza que a partir de agora eles realmente podem exercer a função de cirurgião geral", afirma Paulo Marcos Lopes, coordenador do serviço de residência do HMJMA. Do mesmo sentimento compartilha Octavio Luis Alves da Silva, que após dois anos de formação da residência, comemora mais uma etapa na jornada da medicina. “A conclusão de residência é um momento muito emotivo para mim e minha família, que sabe que é a realização de um sonho”, diz. Segundo Octavio, a escolha da residência em cirurgia geral foi pela afinidade com a anatomia e a identificação com renomados médicos cirurgiões. “Decidi por fazer cirurgia geral no HMJMA porque é um hospital que está crescendo de forma organizada e coesa, com equipe de altíssima qualificação e que, acima de tudo, demonstra tratar o paciente de forma humanizada”, ressalta.

alt

O Hospital José Martiniano de Alencar presta assistência de média complexidade e atende a pacientes encaminhados pela Central de Regulação. Tem especialidades em cirurgia geral, cirurgia vascular, ginecológica, proctologia, urologia, dermatologista, cirurgião dentista, oftalmologia, cardiologista, otorrinolaringologia, neurologia, clínica geral e pediatria. Além disso, funciona como atendimento de retaguarda para equipamentos maiores da rede estadual de Saúde, como o Hospital Geral de Fortaleza e o Hospital Geral César Cals. Em 2017, o hospital realizou 3.529 cirurgias. Neste ano, até esta quinta-feira, 22 de fevereiro, foram 586.



Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001