22 de fevereiro de 2018 às 11h01m
Ceará supera erro de arbitragem e vence o Londrina por 2 a 1

Ceará supera erro de arbitragem, vence o Londrina por 2 a 1 e garante classificação para enfrentar o Atlético-PR na 3ª fase. decisão será no castelão

Foi no sufoco, com direito a festival de chances perdidas e gol aos 49 minutos do 2º tempo, mas o Ceará conseguiu sua classificação à 3ª fase da Copa do Brasil. E com muito mérito, diga-se.

Sobre o assunto

Ontem, mesmo jogando fora de casa, o Alvinegro foi superior ao Londrina durante o jogo praticamente todo e conseguiu superar ainda erro grave de arbitragem para vencer por 2 a 1, de virada, e selar sua vaga na etapa seguinte da competição.

Agora, o Ceará vai enfrentar o Atlético Paranaense, que se classificou após bater o Tubarão/SC por 5 a 4. O primeiro jogo será na Arena da Baixada e a decisão, no Castelão. Os duelos têm como data o dia 28 de fevereiro (ida) e 14 de março (volta).

Ontem, mais uma vez, o time do técnico Marcelo Chamusca mostrou grande comprometimento tático para cumprir a estratégia traçada pelo comandante. Além disso, teve força para superar erro da arbitragem que prejudicou o Alvinegro, ao validar gol irregular de Carlos Henrique aos 26 minutos do primeiro tempo - o atacante estava em posição de impedimento.

Mesmo atrás no placar, o Ceará, que já era melhor no jogo antes do gol, não se desorganizou. O time fazia bom jogo, mas teve a vida facilitada por um personagem determinante na peleja de ontem: o volante Germano.

&nsbp;

Arthur entrou aos 40min e, nove minutos depois, marcou gol da classificação"

 

O capitão do Tubarão perdeu pênalti aos 42 minutos da etapa inicial, desperdiçando a oportunidade de colocar o Londrina com vantagem de 2 a 0. Foi o combustível de que o Vovô precisava para, na segunda etapa, encurralar o time paranaense em busca do empate, que veio com Juninho, em bela cobrança de falta, as 22 minutos.

Um minuto depois, Germano foi expulso e deixou seu time com um jogador a menos. Era do que a equipe cearense precisava para aplicar cerca de 30 minutos de intensa pressão, com ataques por todos os lados.

Felipe Azevedo, Andrigo, Juninho, Elton, Roberto, Pio... Quase todos os alvinegros finalizaram insistentemente, mas pecavam na pontaria ou paravam no goleiro César. O que eles não sabiam ainda era que a solução viria do banco de reservas.

O jovem Arthur entrou aos 40 minutos e, nove minutos depois, de cabeça, marcou o gol da classificação. O 5º dele na temporada, que o isolaram na artilharia do clube em 2018.

 

FICHA TÉCNICA

COPA DO BRASIL

Londrina

4-4-2: César; Matheuzinho, Dirceu, Del’Amore e Igor Miranda (Felipe); Moisés, Germano, Marcinho e Rodrigo Figueiredo (Anderson Oliveira); Miullen (Rômulo) e Carlos Henrique Técnico: Ricardinho

Ceará

4-2-3-1: Éverson; Pio, Valdo, Luiz Otávio e Rafael Carioca; Richardson e Juninho; Andrigo (Luidy), Wescley (Roberto) e Felipe Azevedo (Arthur); Élton

Técnico: Marcelo Chamusca

Gols: 26MIN/1T - Carlos Henrique recebe na área, em condição irregular, e manda para o gol de perna direita

20MIN/2T - Juninho cobra falta na entrada da área com categoria e empata

49MIN/2T - Rafael Carioca cobra escanteio na cabeça de Arthur, que vira o jogo.

Local: Estádio do Café, em Londrina-PR

Data: 21/2/2018

Árbitro:Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Assistentes: Cristhian Passos Sorence (GO) e Edson Antonio de Sousa (GO)

Cartões Amarelos: Germano (L), Elton (C) e Pio (C)

Cartão Vermelho: Germano (L)

Público: 2.225 (1.929 pagantes)

Renda: R$ 36.467


Fonte: O Povo

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001