20 de fevereiro de 2018 às 13h06m
CAUCAIA:Alunos da rede municipal voltam às aulas

A manhã desta segunda-feira (19/2) foi de volta às aulas para os estudantes da rede municipal de ensino de Caucaia. O ano letivo 2018 começou oficialmente com as secretárias municipais Erika Amorim (Governo e Articulação Política) e Lindomar Soares (Educação) dando as boas-vindas aos alunos da Escola de Ensino Infantil e Ensino Fundamental (EEIEF) Flávio Marcílio.


A unidade foi escolhida por ser uma das maiores do município, com cerca de mil alunos matriculados. “Sei que os professores têm uma missão difícil, mas espero que este seja um ano de muito avanço, aprendizado, cooperação e que os alunos possam evoluir bastante. Acredito na vitória dos nossos alunos”, enfatizou Erika Amorim.

Também primeira-dama de Caucaia, ela anunciou a reforma da quadra poliesportiva da Escola. As obras devem iniciar ainda neste semestre. A praça do Vicente Arruda, em frente à unidade, também deverá receber melhorias. “Estamos estudando para em breve executar as obras”, adiantou ela.

Para Lindomar Soares, o início do ano letivo já começou com muitos avanços. “A Escola Flávio Marcílio não passava por uma reforma há 13 anos. O compromisso e o trabalho é grande, assim como nosso desafio, mas estamos organizando para reestruturar a educação sem esquecer a essência da escola que é o ensino”, ressalta.

Paulo André, diretor da EEIEF Flávio Marcílio, relembrou os momentos difíceis que a escola passou antes da reforma. “Os equipamentos da unidade estavam muito sucateados. Era problema de retelhamento, energia, e vários outros sinistros. Com a chegada da reforma, a nossa escola é outra. É um privilégio estar do lado de professores capacitados nesta nova estrutura”, declarou.

Segundo a professora Claudiana Viana Torres, mestre há sete anos da escola Flávio Marcílio, o semestre inicia cheio de boas expectativas por conta da reforma e da vontade de aprender dos alunos. “Antes chovia dentro da sala de aula e atrapalhava o andamento e o aproveitamento das aulas. Hoje já deu para sentir que os alunos têm muita afetividade a escola e aos professores. Acredito que este ano será melhor que todos os outros”, relata.  

Maria Beatriz, aluna do nono ano A e moradora do bairro Vicente Arruda, espera que neste ano tire boas notas para entrar numa escola profissionalizante ou no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). “Para que eu tenha um futuro melhor meu sonho é que a escola me possibilite a se preparar para que passe em outro curso”, explica.

Já Tamires Vitória, aluna do nono ano A, moradora do Itambé II, aguarda um ensino melhor e uma preparação mais apropriada. “Que este ano seja de muito estudo e dedicação para que alcance meu objetivo que é entrar numa escola profissionalizante”, relata.

----------

Jogos Escolares: Começam inscrições de escolas estaduais; prazo vai até sexta (23)

As escolas estaduais de Caucaia interessadas em ter representantes nos Jogos Escolares 2018 já podem confirmar participação no torneio. O prazo para inscrição e informar as modalidades e categorias dos alunos iniciou nesta segunda-feira (19/2) e encerrará na próxima sexta-feira (23/2). O mesmo vale para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).

Ao todo, a Secretaria Municipal de Educação (SME) aguarda a participação de mais de 1.500 jovens. A competição é uma seletiva para os Jogos Escolares da Juventude, promovido pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB). Já inscreveram-se as escolas particulares de Caucaia.

Cinco modalidades esportivas compõem os Jogos Escolares 2018: futsal, vôlei, basquete, badminton e handebol. Elas são divididas em duas categorias: 12 a 14 anos e 15 a 17 anos.

A abertura dos torneios está prevista para 10/3, com a realização dos jogos entre os dias 12 e 31 de março e nos dias 7, 14 e 15 de abril.

-----------

Caucaia concorre a cinco certificações

Com a expectativa de promover adequações em programas e ações, fortalecer a gestão, além de expandir e potencializar os serviços prestados, a Prefeitura de Caucaia está mobilizada para concorrer a cinco certificações, em diferentes áreas. Três delas são internacionais e outras duas de níveis estaduais. São elas: Selo Unicef 2017-2020; Selo Abrinq – Programa Prefeito Amigo da Criança (PPAC) 2017-2020; certificação PEA da Unesco; Certificação Praia Limpa; e o Selo Município Verde.

Unicef

Após anos sem a certificação do Fundo das Nações Unidas para a Infância, o município disputa no pleito que reconhece as cidades empenhadas na redução de desigualdades e garantia de direitos de crianças e adolescentes. A busca pelo Selo Unicef 2017-2020 envolve a mobilização das secretarias Municipais de Educação (SME), Saúde (SMS), Desenvolvimento Social (SDS), Turismo e Cultura (Setur) e Esporte e Juventude (Sejuv). Para conquistar o Selo estão sendo elaboradas e desenvolvidas diversas frentes de ações voltadas à infância.

Todas as secretarias envolvidas no grupo de trabalho planejam e executam ações em comunidades com índices sociais baixos, audiências, palestras em escolas e outras atividades. Ao receber o Selo, Caucaia seria internacionalmente reconhecida como cidade modelo na redução de desigualdades e garantia de direitos de crianças e adolescentes.

Abrinq

Em sua sexta edição, a iniciativa da Fundação Abrinq vai conceder certificado ao gestor que criar políticas públicas que resultem em avanços na garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes. O prefeito Naumi Amorim está inscrito na disputa pelo Selo Abrinq – Programa Prefeito Amigo da Criança (PPAC) 2017-2020. A articulação para o recebimento do Selo está sendo realizada pela Secretaria Municipal de Governo e Articulação Política (Segov). A avaliação do programa será feita durante o primeiro semestre do último ano da gestão (2020) e levará em consideração os resultados das ações nas áreas de Gestão Pública e Políticas Sociais.

Unesco

Já o Programa de Escolas Associadas da Unesco (PEA, conhecido como Associated Schools Project Network ou ASPnet, em inglês) foi criado em 1953 com o objetivo de trabalhar a ideia da cultura e da paz. O estabelecimento de ensino associado recebe um certificado internacional de escola membro e tem o direito de utilizar a logo do PEA e do Ano Internacional em vigor. Além disso, pode receber materiais produzidos pela Unesco e participar de concursos internacionais lançados pela Organização. O programa também contempla a possibilidade dos alunos serem convidados para viagens internacionais.

O município já possui uma unidade escolar, única no Ceará, que tem a certificação PEA da Unesco (Escola de Ensino Infantil e Ensino Fundamental (EEIEF) Manoel Rocha, situada no bairro Conjunto Nova Metrópole). Este ano concorre a certificação as seguintes unidades educacionais municipais: Escola Alice Moreira de Oliveira, Manoel Pereira Marques, Pedro Moreira de Oliveira, Nossa Senhora da Conceição, e Núcleo Educacional de Desenvolvimento Infantil (Nedi) Maria Simone Moreira do Nascimento.

Praia Limpa

No início de 2018 o município inscreveu a Praia do Cumbuco na edição 2019/2020 do programa Praia Limpa. A cidade não conquista o certificado desde 2009. Trata-se de um programa do Governo do Ceará, através da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), que avalia as praias dos municípios. O selo atesta as condições de higiene, limpeza, segurança e conservação. Visa promover o ordenamento territorial do litoral para que os atributos naturais, sociais e culturais possam ser mantidos ou resgatados. O resultado e entrega da certificação aos municípios aprovados deverá ocorrer até o fim de 2018.

Município Verde

A certificação “Selo Município Verde”, concedida pelo Governo do Estado, através da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), é concedida a cada dois anos apenas a administrações compromissadas com o desenvolvimento sustentável. A avaliação da Sema é feita a partir da implementação de políticas públicas, planos, programas, projetos e ações voltados para a área ambiental. O Instituto do Meio Ambiente do Município de Caucaia (Imac) está a frente, o município concorre ao binômio 2018-2019.

——

Selo Unicef: GT conclui plano com 37 ações sociais e de segurança

O Grupo de Trabalho “Social e Segurança”, um dos quatro integrantes da Comissão Intersetorial do Selo Unicef em Caucaia, reuniu-se nesta segunda-feira (19/2) para finalizar a elaboração de propostas que serão apresentadas à articuladora da certificação no município, primeira-dama Erika Amorim, na próxima quarta-feira (21/2).

Foram formuladas 37 medidas. Elas devem ser implementadas por diversas secretarias municipais, notadamente a de Desenvolvimento Social (SDS). Todos os projetos têm como diretrizes os sete Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pelas Nações Unidas para as gestões públicas participantes do Selo melhorarem a qualidade de vida de crianças e adolescentes.

As prefeituras precisam avançar em 11 indicadores sociais entre 2017 e 2020. “Nós fizemos um planejamento para todo o ano e levamos em consideração os temas levantados pelo Selo Unicef. Muita coisa necessária pra melhorarmos os índices já estão em andamento, outras podemos colocar em prática em curto prazo e outras devemos fazer acompanhamentos”, revela a subsecretária da SDS, Telma Diógenes.

Mapear os estudantes em série diferente da desejada para a idade na rede pública municipal de ensino foi uma das ações discutidas no encontro de hoje. “As aulas de reforço para os jovens com esse perfil devem iniciar já em março. E ainda esta semana nós [Secretaria Municipal de Educação] acionaremos outras pastas para executarmos o programa de busca ativa de alunos em evasão escolar”, adiantou a coordenadora de projetos da SME, professora Andrea Herculano.

Conforme ela, as maiores distorções idade-série encontram-se no sexto e sétimo anos do Ensino Fundamental. “Nós identificamos esses alunos e vamos formar turmas de reforço. Ao fim do ano, eles vão ser submetidos a uma avaliação. Mas a questão da distorção e da evasão não é meramente educacional. Pode haver muita causa social também. Daí a importância de várias secretarias agirem em conjunto dentro ou fora das ações do Selo”, acrescentou Herculano.

OUTROS GTs
As 37 propostas do GT Social e Segurança serão acrescidas às 30 formuladas pelo GT Saúde e às oito apresentadas pelo GT Adolescência e Juventude. O GT Educação finaliza o plano de ação para o Selo Unicef em reunião nesta terça-feira (20/2). No dia seguinte, 21/2, a Comissão Intersetorial, formada pelos quatro GTs e representantes da sociedade civil, delibera sobre os projetos.

OS INDICADORES ANALISADOS NO SELO UNICEF.
1. Percentual de crianças com até um ano de idade sem registro civil
2. Taxa de abandono do Ensino Fundamental
3. Percentual de crianças na escola e com Benefício de Prestação Continuada
4. Percentual de crianças menores de cinco anos com peso alto para a idade
5. Percentual de nascidos vivos de mulheres com idade entre 10 a 14 anos
6. Percentual de gestantes com sífilis realizando tratamento adequado
7. Percentual de óbitos investigados de mulheres em idade fértil
8. Distorção idade-série nos anos finais do Ensino Fundamental
9. Percentual de óbitos infantis investigados
10. Taxa de mortalidade por causas externas entre crianças e adolescentes (10-19)
11. Percentual de adolescentes de 16 e 17 anos cadastrados no TRE


Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001