19 de fevereiro de 2018 às 07h23m
Fla vence Boavista e leva Taça Guanabara

Vinte e uma vezes Flamengo.

O maior campeão da Taça Guanabara ampliou sua vantagem para os demais ao conquistar o título de ontem, no Espírito Santo, de forma invicta. Não foi uma vitória fácil. O Boavista foi um grande oponente e valorizou ainda mais a conquista. Com gols no segundo tempo, o Fla fez a vantagem e deu a volta olímpica no final. Kadu (contra) e Vinicius Junior marcaram, aos 19 e 32, os gols da partida.

Favorito, com mais tradição, mais torcida e maior qualidade técnica, deu a lógica no final. Com o resultado, o Flamengo agora já está no quadrangular final do Campeonato Estadual. Se conquistar a Taça Rio, se classifica direto para a decisão da competição.

A campanha invicta teve quatro vitórias e um empate na fase de grupos, com tomar nenhum gol. Treze pontos que garantiram a liderança isolada no grupo B.
O primeiro tempo teve emoções, mas poucas chances claras do Flamengo. Depois da parada técnica, o Flamengo melhorou. Aos 26, Diego cobrou muito bem falta na entrada da área e o goleiro Rafael fez milagre.

Em seguida, Everton Ribeiro chutou de fora, mas a bola saiu mascada. Diego, três minutos depois, teve outra grande chance. O camisa 10 pegou de primeira um rebote na entrada da área. O goleiro do Boavista já estava fora da jogada, mas Kadu salvou a equipe de Saquarema. E os primeiros 45 minutos ficaram nisso.

A volta para o segundo tempo trouxe outro Flamengo. Logo aos cinco, Dourado cabeceou para fora dentro da pequena área. Aos oito, Diego corbou outra falta para boa defesa de Rafael. Aos 17, Carpegiani mexeu e colocou Vinicius Junior no lugar de Lucas Paquetá. Deu certo e dois minutos depois o grito de gol saiu. Diego fez excelente jogada e cruzou para Réver. O capitão cabeceou para dentro da área, mas antes de a bola chegar a Vinicius Junior, que entrava pelo meio, Kadu apareceu no caminho e fez contra.

Aos 32, Éverton Ribeiro cruzou para Vinicius Junior, livre, completar e fazer o gol do título, seu primeiro com a camisa rubro-negra e jogando pelo time profissional.


Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001