10 de fevereiro de 2018 às 18h30m
Cedro encerra palestras educativas sobre combate ao Aedes aegypti e atuação do Samu 192

s Secretarias de Saúde e Educação participaram ativamente da construção e execução do projeto da Prefeitura

Pular o carnaval de forma consciente e tomando todos os cuidados necessários para evitar doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti, é desta forma que as crianças de Cedro e seus familiares deverão passar o feriado prolongado. A Prefeitura de Cedro promoveu, entre os dias 07 e 09 deste mês, palestras educativas sobre a prevenção ao Aedes aegypti e a atuação doServiço de Atendimento Móvel de Urgência - Samu 192 a diversos estudantes de escolas municipais da cidade

 

De acordo com o Prefeito de Cedro, Dr. Nilson Diniz, a iniciativa buscou conscientizar a população sobre serviços oferecidos na área da saúde e o combate com o mosquito. "É um grande projeto alertar a sociedade sobre os perigos, principalmente neste período de carnaval, pois muitos foliões estão viajando para locais de concentração dos casos das doenças", orienta. O Gestor cedrense destacou também a importância do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (SAMU 192). "É um momento importante para nossos estudantes conhecerem os profissionais que salvam vidas".

 

O encerramento das ações aconteceu na sexta-feira, (9), na Escola Municipal Celso Alves de Araújo, no bairro Prado. As Escolas Arakém Sedrim de Aguiar e Deputado Obi Viana Diniz também receberam a ação. A presença de profissionais da saúde com esclarecimentos sobre as Arboviroses e doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti é fundamental para alertar os estudantes e familiares. Os profissionais da base do SAMU 192 aproveitaram para falar sobre o funcionamento dos atendimentos e realizaram atividades com simulações para chamar a atenção de todos.

 

A técnica de enfermagem, Adriana Ferreira, e um condutor socorrista aproveitaram para encenar uma situação de urgência. "É importante este momento com nossos estudantes para eles saberem como os trotes dificultam os trabalhos do SAMU 192", reforça Adriana.

 

Por estar situada em um dos bairros com alto índice de focos, a Escola Celso Alves de Araújo desenvolve vários conteúdos de aprendizagem sobre o assunto em sala de aula. De acordo com o Coordenador do Comitê municipal de combate às Arboviroses, Marciel Bezerra. "Este é um momento de mobilizar estudantes que residem próximo a escola. Assim, toda sociedade estará tomando medidas corretas e se protegendo".

 

Ao final dos debates, a diretora estudantil, Aclésia Ferreira, agradeceu a oportunidade e destacou o papel do poder público em garantir ações como essa para que cada cidadão participe dessa luta. Os estudantes encerraram as palestras e participaram da marchinha contra o Aedes Aegypti.

 

Novas intervenções

Novas ações serão realizadas em parcerias com as comunidades. Entre elas está o projeto Cinema Itinerante nos Bairros. A previsão é que já em março comecem nos bairros.


Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001