06 de dezembro de 2017 às 07h10m
Refinaria: Camilo Santana assina “carta de intenção” com chineses

O governador Camilo Santana anunciou que assinará financiamento de R$ 7,5 bilhões para a construção da refinaria do Ceará

O anúncio aconteceu durante transmissão ao vivo via Facebook, horas antes de o governador embarcar para São Paulo, onde se reunirá com a diretoria do Banco de Desenvolvimento da China (CBD) para tratar tratar da implantação da refinaria no Ceará, no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).

“Vamos assinar um memorando de entendimento (MOU), onde o banco está disponibilizando a intenção de financiar o projeto da refinaria”, disse Camilo. Segundo o governador, o banco chinês deverá investir até R$ 4 bilhões na refinaria e outros R$ 3,5 bilhões no parque petroquímico do entorno.

“Estou otimista. O Ceará tem dois grandes sonhos; um era siderúrgica, que está em funcionamento desde o ano passado, e, agora, a refinaria”, acrescentou o Governador. Em setembro último, Camilo Santana se reuniu com a empresa chinesa que demonstrou interesse em viabilizar o empreendimento.

Em 2015, a Petrobras cancelou a instalação da Refinaria Premium II – promessa do ex-presidente Lula. Camilo, então, tem se empenhado para tirar do papel o empreendimento.

Servidores


Durante a transmissão, Camilo nomeou 127 servidores para cargos administrativos da Universidade Estadual do Ceará (Uece) – referente ao primeiro concurso da área na instituição, que está em funcionamento há mais de 40 anos.

Na ocasião, o chefe do Executivo também sancionou lei que institui Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos dos servidores técnico-administrativos das fundações da Uece e das universidades Regional do Cariri (Urca) e do Vale do Curu (UVA).

Camilo Santana assinou, ainda, leis que beneficiam a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Fortaleza (Apae) e o Instituto da Primeira Infância (Iprede). As instituições receberão, cada, valor da ordem de R$ 100 mil para aplicação em ações de fortalecimento socioassistencial de pessoas atendidas pelas organizações, principalmente crianças e adolescentes. O projeto de lei foi aprovado pela Assembleia Legislativa do Ceará na última semana.

Novidade


Além disso, Camilo institui a gratificação para servidores Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri) que trabalham em condições especiais de risco de morte. O documento vai ser encaminhado para a aprovação do parlamento cearense.

Seca


Sobre as ações para a segurança hídrica no Estado, Camilo Santana antecipou que vai se reunir, hoje, com o ministro da Integração, Helder Barbalho, para tratar do andamento das obras da transposição do Rio São Francisco.

“Estamos fazendo todo um esforço para garantir que não falte água para a população cearense. A construtora (da obra) não está em ritmo acelerado. O ministério quer rescindir o contrato e já chamar a segunda colocada para ver se a construção ganha ritmo”, respondeu Camilo Santana. “A obra é fundamental para a garantia hídrica do Ceará”, acrescentou.


Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001