23 de outubro de 2017 às 07h32m
Deu troco! Brasil vence Alemanha e vai à semi no Mundial Sub-17

A Seleção Brasileira precisou de seis minutos para virar um jogo encardido contra a Alemanha e se classificar para as semifinais do Mundial Sub-17 disputado na Índia.

 

FOTO DIVULGAÇÃO

A Seleção Brasileira precisou de seis minutos para virar um jogo encardido contra a Alemanha e se classificar para as semifinais do Mundial Sub-17 disputado na Índia. O time saiu atrás no placar num primeiro tempo em que foi inferior ao adversário. Mas a equipe, que sobrou fisicamente, dominou a etapa complementar e construiu várias chances que levaram a vitória por 2 a 1.
O Brasil poderia ter empatado antes e só chegou ao primeiro gol aos 25 minutos do segundo tempo quando Weverson recebeu na área e disparou uma patada que tocou no travessão antes de entrar. Em seguida, Paulinho acertou um belo chute da entrada da área e virou o placar. “Uma frase que a gente usa muito é não desistir nunca”, declarou o treinador Carlos Amadeu ao Sportv.

Difícil
O Brasil começou melhor na partida. Logo aos cinco de minutos de jogo, a Seleção assustou os alemães. Lincoln partiu em velocidade, a zaga alemã afastou o perigo. O meia Alanzinho chutou cruzado e viu a bola parar no travessão. Na primeira chegada da Alemanha com perigo ao ataque, Luan Cândido perdeu a bola, o atacante Arp tirou do brasileiro e o zagueiro Lucas Halter conseguiu o desarme. Na sequência da jogada, a bola sobrou para Yeboah e foi derrubado pelo próprio zagueiro brasileiro na área.

O atacante Arp bateu com muita categoria e converteu a penalidade, sem chance para o goleiro brasileiro Gabriel Brazão. A Alemanha inaugurou o marcador, aos 20 minutos do primeiro tempo. Com a forte marcação imposta pelos alemães, o Brasil teve dificuldade para achar espaços e chegar ao ataque. Nos acréscimos do primeiro tempo, a Seleção canarinho voltou a aparecer no jogo.

Raça e reação
Na volta para o segundo tempo, o Brasil quase empatou o duelo. Aos nove minutos, Paulinho recebeu a bola e tocou para Weverson. O meia-campista cruzou para Lincoln e foi desarmado na hora da conclusão. Aos 15, Alanzinho cobrou escanteio na área, Lincoln subiu livre de marcação e por pouco não empatou o confronto.
A pressão deu resultado. Aos 25, Lincoln recebeu na área, brigou com dois alemães na disputa da bola e tocou para Alanzinho. O meia-campista só rolou para Weverson soltar uma bomba e empatar o jogo. Após desperdiçar chances, com os pés no chão, o Brasil finalmente conseguiu a virada.

O atacante Yuri Alberto, que entrou na etapa final no lugar de Brenner, tocou a bola para Paulinho colocar o Brasil em vantagem no duelo. Depois do tento, a Seleção Brasileira pouco chegou ao ataque e só se defendeu. A Alemanha até tentou se lançar ao ataque e teve seis minutos de acréscimos para tentar o empate, mas o Brasil conseguiu controlar a partida.
Foi a segunda virada da seleção que também chegou a vitória depois de sair perdendo para a Espanha. Agora o time vai enfrentar a Inglaterra por uma vaga na final em partida que será realizada na quarta-feira. Na outra semifinal estão Espanha e Mali.


Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001