27 de julho de 2017 às 07h18m
Fabricante revela implante auditivo que se conecta diretamente com iPhone

Novo processador de som da Cochlear dispensa dispositivo adicional e deve ser lançado em setembro de 2017.

Novo processador de som de fabricantes de implantes auditivos se conectará diretamente a iPhones e iPads (Foto: Reprodução/YouTube/Cochlear) Novo processador de som de fabricantes de implantes auditivos se conectará diretamente a iPhones e iPads (Foto: Reprodução/YouTube/Cochlear)

Novo processador de som de fabricantes de implantes auditivos se conectará diretamente a iPhones e iPads (Foto: Reprodução/YouTube/Cochlear)

 

A Cochlear, fabricante de implantes auditivos, revelou na quarta-feira (26) um novo processador de som que se conecta diretamente a iPhones, iPads e iPods. Com ele instalado, o áudio dos aparelhos é transmitido para o implante do usuário sem a necessidade de nenhum dispositivo adicional.

A novidade também é compatível com o aplicativo de smartphone Nucleus, que permite controlar, monitorar e personalizar a audição com os produtos da empresa, ou até encontrar um implante perdido.

Os produtos da Cochlear já trabalhavam com dispositivos portáteis. Mas até então o usuário precisava conectar o processador de som do seu implante auditivo a um outro dispositivo Bluetooth – normalmente usado ao redor do pescoço como um pingente – para ouvir músicas e atender chamadas telefônicas em um celular, por exemplo.

A conexão direta com iPhone e outros aparelhos da Apple estará inclusa no novo processador de som da Cochlear que fica externo à orelha, o Nucleus 7, que deve ser lançado em setembro. Os usuários também podem atualizar o processador sem um novo implante.

Tecnologia para audição

Os processadores da empresa reúnem o som ambiente, transformando-o em um sinal elétrico, e o enviam para um eletrodo implantado nos ouvidos de pessoas com problemas de audição.

A Apple também trabalhou com empresas de assessoria auditiva, como a GN ReSound e Starkey, que também podem se conectar diretamente ao iPhone. A Apple desenvolveu os protocolos e as licenças para as empresas de maneira gratuita.


Fonte: Reuters

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001