26 de julho de 2017 às 16h40m
BMW G 310 R chega às lojas do Brasil em 12 de agosto

Todas as 100 unidades da pré-venda já foram comercializadas. Primeira moto de baixa cilindrada da empresa custa R$ 21.900 e tem ABS de série.


BMW G 310 R (Foto: Divulgação) BMW G 310 R (Foto: Divulgação)

BMW G 310 R (Foto: Divulgação)

 

A BMW G 310 R, primeiro modelo de baixa cilindrada da empresa no mercado brasileiro, chega às lojas no próximo dia 12 de agosto, informou a montadora nesta quarta-feira (26). De acordo coma e empresa, todas as 100 unidades destinadas à pré-venda pela internet já foram comercializadas.

O modelo urbano custa R$ 21.900, com ABS de série, é o primeiro de baixa cilindrada da empresa no país e é montado em Manaus, com as peças vindo da Índia.

Ainda está prevista a expansão da linha de motores menores da montadora, com a chegada da pequena aventureira G 310 GS.

Além de ser a opção de menor cilindrada da BMW no Brasil, a G 310 R também é a mais barata. Custando R$ 21.900, o modelo está bem distante do antigo modelo mais barato da empresa, a F 800 R, vendida por R$ 43.900. Esse é o mesmo valor também da F 700 GS.

BMW G 310 R é montada no Brasil (Foto: Divulgação) BMW G 310 R é montada no Brasil (Foto: Divulgação)

BMW G 310 R é montada no Brasil (Foto: Divulgação)

A base de produção da G 310 R é na Índia, onde a fabricação é feita em parceria com a indiana TVS. De lá, as peças vêm ao Brasil para a montagem. Para a produção da moto e outros modelos, a fábrica em Manaus recebeu novo investimento de 4 milhões de euros.

 

O modelo chega ao Brasil em uma faixa de cilindrada que tem modelos como Honda CB Twister e Yamaha Fazer 250. No entanto, a BMW deve focar em uma faixa de consumidores que procuram modelos mais premium, como KTM 390 Duke, Yamaha MT-03 e Kawasaki Z300.

BMW G 310 R (Foto: Divulgação) BMW G 310 R (Foto: Divulgação)

BMW G 310 R (Foto: Divulgação)

Motor de 34,4 cavalos

A base de produção da G 310 R é na Índia, onde a fabricação é feita em parceria com a indiana TVS. De lá, as peças vêm ao Brasil para a montagem. Para a produção da moto e outros modelos, a fábrica em Manaus recebeu novo investimento de 4 milhões de euros.

O modelo chega ao Brasil em uma faixa de cilindrada que tem modelos como Honda CB Twister e Yamaha Fazer 250. No entanto, a BMW deve focar em uma faixa de consumidores que procuram modelos mais premium, como KTM 390 Duke, Yamaha MT-03 e Kawasaki Z300.

BMW G 310 R (Foto: Divulgação) BMW G 310 R (Foto: Divulgação)

BMW G 310 R (Foto: Divulgação)

 

Sua suspensão dianteira é do tipo invertida, comum em modelos de maior cilindrada, e os freios são a disco em ambos os eixos.

Os detalhes foram bem trabalhados e o modelo possui ambas carenagens laterais ao lado do tanque, dando a impressão de ser um produto robusto. Freios ABS são de série na G 310 R.

Conheça mais sobre a G 310 R no vídeo:

 
BMW G 310 R: conheça a primeira moto de baixa cilindrada da marca

BMW G 310 R: conheça a primeira moto de baixa cilindrada da marca

G 310 GS também vai ser vendida no Brasil

 
BMW G 310 GS: moto aventureira chega ao Brasil em 2017

BMW G 310 GS: moto aventureira chega ao Brasil em 2017

A outra moto da família de baixa cilindrada da BMW é a G 310 GS, versão aventureira, que utiliza como base o mesmo motor. No entanto, o seu conceito é baseado na R 1200 GS e tem uma proposta de uso misto, no asfalto e na terra.


Fonte: autoresporte.com

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001