20 de abril de 2017 às 14h25m
CAPS: Vereadora Priscila Costa (PRTB) protocola projeto para criação do terceiro turno de nas unidades dos CAPS (Centros de Atenção Psicossocial).

A ideia é operacionalizar os CAPS com estrutura emergencial de atendimento noturno e especializado em crises.


Os surtos psicóticos que muitas vezes levam indivíduos a praticarem atrocidades físicas a si a aos outros geralmente acontecem no turno da noite e na grande maioria das vezes não se encontra amparo profissional no sentido de ter um auxilio emergêncial no momento da crise.

Este é um problema comum nos mais diversos segmentos e independe de posicionamento financeiro, social e conceitual de gênero.

O Projeto de Indicação n. 265/17 de autoria da Vereadora Priscila Costa (PRTB) orienta a necessidade de se criar um programa de apoio ao CAPS, criando o terceiro turno de atendimento, focando o tratamento emergencial para pacientes em crise, podendo citar:

1. Ansiedade;

2. Abstinência do uso de drogas;

3. Traumas recentes;

4. Medos;

5. Ressentimentos, comprometendo a autonomia e autodomínio;

6. Sensação de estranhezas;

7. Tristeza profunda;

8. Alteração brusca da autoestima;

9. Desejo compulsivo de morte;

10. Vítimas de violência física e emocional.

 

Ainda, segundo a orientação o projeto, os plantões noturnos contaram com profissionais com experiência comprovada em atendimento especializado nas situações de crise emergencial com certificação técnica.

A matéria segue para análise das comissões que compõe aquela Casa Legislativa, devendo ser votada ainda este semestre.


Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001