20 de fevereiro de 2017 às 07h40m
Turismo terá grande incentivo para transformar a economia cearense

O novo titular da Secretaria Municipal de Turismo (Setfor), Alexandre Pereira, assumiu há poucos dias o cargo e como o setor representa 22% do PIB (Produto Interno Bruto) da cidade de Fortaleza

O novo titular da Secretaria Municipal de Turismo (Setfor), Alexandre Pereira, assumiu há poucos dias o cargo e como o setor representa 22% do PIB (Produto Interno Bruto) da cidade de Fortaleza, sendo o principal vetor de desenvolvimento da Capital, ele, que já havia trabalhado na Secretaria de Desenvolvimento Econômico no Governo Cid Gomes, foi chamado pelo prefeito Roberto Cláudio para assumir esse novo desafio e aceitou o convite. “Estou muito feliz em estar iniciando esse trabalho pela capital cearense, tanto que já realizei uma reunião com todo o trade turístico da nossa cidade, que é muito extenso, pois envolve 106 setores da economia do Ceará, não apenas empresas aéreas, hotéis e restaurantes.

Além disso, os funcionários destes empreendimentos, os taxistas, os motoristas de vans, gastam o dinheiro nos seus bairros, em mercadinhos, lanchonetes, postos de combustíveis, farmácias, ou seja, movimentam a economia como um todo”, disse.

Foram definidos seis eixos de trabalho, compostos pela Beira Mar, Barra do Ceará, Praia de Iracema, Praia do Futuro, treinamento e capacitação, inovação e promoções, pois é preciso manter a capital cearense no contexto nacional e internacional. “Não só com propagandas em outros estados, mas participando de feiras internacionais, sempre levando as belezas de Fortaleza”, afirmou. Ele lembrou, ainda, que será feito um trabalho de reorganização e reordenamento do Mercado Central, onde existem cerca de 500 permissionários e que atrai milhares de turistas todos os anos. “E também realizaremos um trabalho muito forte no Mercado São Sebastião e o Mercado dos Pinhões”.

A Prefeitura entregou, em março do ano passado, o novo Mercado dos Peixes da Avenida Beira Mar, todo requalificado, mas já se nota a necessidade de qualificar os permissionários. “O prefeito pediu que criássemos a Rota dos Mercados, mas antes disso pretendemos dar uma qualificação para os permissionários, especificamente o dos Peixes, pois fica numa das melhores vistas da cidade, com uma padronização entre quem vende os peixes, como os donos de restaurantes. Isso porque, em pouco tempo, percebemos que os banheiros já estavam degradados, o local sujo, o que não é legal. Portanto, vamos investir na qualificação e padronização para o Mercado dos Peixes e, num segundo momento, isso será levado para a Avenida Monsenhor Tabosa, que é um ícone do turismo de Fortaleza. E vamos tentar uma parceria com o Sindiônibus para montarmos a Rota dos Mercados, com ônibus passando por todos esses pontos, com guias bilíngues, nos quais os turistas receberão informações, poderão descer, visitar os equipamentos e depois pegar outros coletivo e seguir viagem”, completou.

Beira Mar


Com relação à reforma da Avenida Beira Mar, a obra está 25% concluída, desde o Mercado dos Peixes até a Estátua de Iracema, mas continuam alguns ajustes finais. Já foram obtidos novos recursos junto à CAF (Caixa de Desenvolvimento das Américas), que até maio ou junho serão liberados, para concluirmos toda a requalificação da área. “Isso envolve o novo espaço para a feira de artesanato, a engorda do aterro entre o espigão do Ideal Clube até o do Náutico, um aumento da área de calçada, enfim, a Beira Mar ficará totalmente nova. Trata-se de uma obra que deve ser concluída até o final da gestão do prefeito Roberto Cláudio”, asseverou Alexandre Pereira.

Outro local que receberá muita atenção da Prefeitura, diz respeito à Praia de Iracema, que, inclusive, passará a abrigar a nova sede da Setfor, no Estoril, que é um prédio tradicional e simbólico da capital cearense, cuja mudança deverá acontecer em abril. “Inclusive, na oportunidade, o prefeito anunciará uma série de benefícios para os empresários e moradores que queiram investir naquela área. Já estive discutindo com o secretário de Finanças, Jurandir Gurgel, esse plano de incentivos. Vamos reformar a Ponte dos Ingleses, e depois faremos um plano de concessões para esses equipamentos, pois entendemos que o poder público deve ser um indutor de riquezas, mas quem as gera é a iniciativa privada. Os aterros e espigões abrigarão novos negócios que poderão gerar emprego e renda para a nossa população. E não estamos inventando a roda, pois se você for na Califórnia, em São Francisco, Santa Mônica, Santa Bárbara, todos aqueles píeres são explorados com as mais variadas atividades. Isso tem no mundo todo”, destacou o titular da Setfor.

Para finalizar, o secretário anunciou que foi assinado, semana passada, o contrato para a realização de mais uma etapa do Iron Man em Fortaleza, uma competição internacional que atrai milhares de competidores do mundo todo e gera um forte impacto na economia local. Isso porque, além dos atletas, vêm suas equipes e até mesmo suas famílias, pois trata-se de um turista altamente qualificado. “É uma grande festa do esporte, que traz mais de mil atletas de diversos países, que trazem todo o seu staff e suas famílias. Deveremos receber cerca de sete mil pessoas, que trarão uma grande quantidade de recursos para a nossa cidade e colocarão Fortaleza como a capital do esporte. Nossa Beira Mar representa um dos melhores locais de esporte do Brasil, pois temos corrida, ciclismo, skate, futevôlei, natação, stand up padle, natação, beach tênis, é muito rica de esportes e queremos criar esse conceito de Fortaleza capital saudável, capital do esporte”, concluiu Alexandre Pereira.


Fonte: O Estado

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001