19 de setembro de 2016 às 07h52m
Programação cultural de 19 a 25 de setembro de 2016

Programação Centro Dragão do Mar

FUNCIONAMENTO DO DRAGÃO DO MAR

 

// Geral: de segunda a quinta, das 8h às 22h; e de sexta a domingo e feriados, das 8h às 23h.

// Bilheterias: de terça a domingo, das 14h às 20h.

// Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco: de terça a domingo, das 14h às 22h.

// Museus: terça a sexta, das 9h às 19h (acesso até as 18h30); sábados, domingos e feriados, das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.

// Multigaleria: terça a domingo, das 14h às 21h (acesso até as 20h30). Gratuito.

 

// Atenção: às segundas-feiras, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura não abre cafés, museus, Multigaleria e bilheterias.

 

Acompanhe nossa programação também pelas redes sociais:

Facebook: Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura

Instagram: @dragaodomar

Twitter: @_dragaodomar

 

 

 

? 10ª Primavera dos Museus

 

 De 19 a 25 de setembro, acontece a 10ª Primavera dos Museus (http://eventos.museus.gov.br/), temporada cultural promovida pelos museus brasileiros em parceria com o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Nessa edição, 753 museus de todo o país oferecem ao público mais de 2.000 atividades especiais, como visitas mediadas, palestras, oficinas, exibição de filmes e muito mais. Confira abaixo as atividades do Museu da Cultura Cearense:

 

•19/09/2016 a 25/09/2016 ­ 9h às 18h30

EXPOSIÇÃO ­ "Miolo de Pote: a cerâmica cearense primitiva e atual", com curadoria de Dodora Guimarães e Valéria Laena, apresenta um panorama da produção artesanal com o barro no Ceará em suas funções utilitária/votiva/lúdica/artística.

Local: Piso intermediário do Museu da Cultura Cearense (MCC)

 

•20/09/2016 a 23/09/2016 ­ 9h às 19h

AÇÃO EDUCATIVA ­ Museu vai à escola ­ O Núcleo Educativo do Museu da Cultura Cearense desenvolve atividade com uma escola da rede pública de Fortaleza e traz os estudantes para conhecer suas exposições.

Local: Piso intermediário do Museu da Cultura Cearense (MCC)

 

•20/09/2016 ­ 16h às 18h

MESA REDONDA ­ Museus e sociedade de consumo. Pesquisadores abordam a relação entre as atividades dos museus e o atual sistema econômico de produção e consumo comercial e cultural.

Local: Miniauditório localizado no piso intermediário do Museu da Cultura Cearense (MCC).

 

•22/09/2016 ­ 16h às 18h

APRESENTAÇÃO ­ Conversa sobre experiências de construção e articulação de museus e espaços de conservação e memória dentro das comunidades tradicionais no Ceará com representantes de algumas etnias.

Local: Miniauditório localizado no piso intermediário do Museu da Cultura Cearense.

 

•23/09/2015 a 23/09/2016 ­ 17h às 18h30

ENCONTRO ­ Diálogo Cultural: "Miolo de Pote". A curadoria da exposição realiza conversa sobre o acervo exibido: características, localidades, artesãos, mestres e a importância de sua preservação e estudo.

Local: Miniauditório e piso intermediário do Museu da Cultura Cearense (MCC)

 

•24/09/2015 a 25/09/2016 ­ 16h às 20h

OUTROS ­ Feira da Cultura ­ feira livre de artesanato, produtos da cultura, e bens artísticos produzidos por ateliês, coletivos e grupos de cultura e arte da cidade de Fortaleza.

Local: Varanda dos museus

 

•24/09/2016 ­ 15h às 16h30

APRESENTAÇÃO ­ "Visualidade e estética dos Pitaguarys: cartografias do artesanato indígena no Ceará". A apresentação é parte do projeto de pesquisa do estudante de antropologia, fotógrafo e educador Erick Sousa.

Local: Miniauditório do Museu da Cultura Cearense (MCC).

 

•24 e 25/09/2016 ­ 17h às 19h

VISITA MEDIADA ­ Os educadores do Museu da Cultura Cearense realizam mediação para o público espontâneo a partir da exposição "Miolo de Pote", destacando as mestres do fazer artesanal no barro.

Local: Piso intermediário do Museu da Cultura Cearense (MCC)

 

 

 



? Temporada de Cinema Cearense

Dando seguimento à temporada de cinema cearense, exibiremos, nesta segunda (19), o filme OS ÚLTIMOS CANGACEIROS, de Wolney Oliveira. A sessão é gratuita e seguida de debate com o realizador.

 

OS ÚLTIMOS CANGACEIROS (Brasil, 2015)

Direção: Wolney Oliveira // 80 minutos // DCP 2K // Som 5.1

Sinopse: Jovina Maria da Conceição e José Antonio Souto são dois senhores que levam uma vida bem comum pelos últimos 50 anos. O que ninguém sabe, incluindo seus filhos, é que estes nomes são falsos. A dupla, na verdade, é conhecida como Durvinha e Moreno. Eles integraram o bando de Lampião, o mais controverso e famoso líder do cangaço. A verdade só vem à tona quando Moreno, aos 95 anos, resolveu compartilhar suas lembranças com os filhos, além de sair a procura de seu parentes vivos, incluindo seu primeiro filho.

 

Sobre a Temporada

 

No dia 27 de junho, o Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco e a TVC estrearam a Temporada de Cinema Cearense, com filmes da terrinha exibidos gratuitamente toda segunda-feira na sala de cinema do Dragão do Mar. As exibições são seguidas por um bate-papo gravado entre o realizador do filme e os apresentadores do programa TVCine Dragão, Pedro Azevedo (curador do Cinema do Dragão-Fundação) e a cineasta Vanessa Cavalcante. A cada segunda-feira de filme cearense, é gravada uma nova edição do TVCine Dragão, mostrando a diversidade inventiva dos nossos realizadores.

 

Os filmes são exibidos sempre a partir da segunda segunda-feira do mês. A primeira fica por conta do Cine Caolho, do Coletivo Alumbramento, que também exibe gratuitamente títulos de realizadores do Ceará, no Cinema do Dragão-Fundação. As películas exibidas foram selecionadas por meio de uma convocatória pública, encerrada no dia 27 de julho.

 

Além do espaço na grade do Cinema do Dragão, os selecionados têm seus filmes exibidos duas vezes na grade de programação da TVC. O objetivo é dar ainda mais visibilidade à produção audiovisual do Ceará. A nova temporada do programa TVCine Dragão estreou em julho na TVC, com transmissão toda quarta-feira, às 22h, e reprise aos sábados.

 

Dia 19 de setembro de 2016, às 19h, na Sala 2 do Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco. Acesso gratuito.

 

 

 

 



? Teatro da Terça [Temporada de Arte Cearense]

Espetáculo "A raposa das tetas inchadas"

Cia Teatro Novo

Uma Raposa e suas crias vivem em uma casa subterrânea longe de tudo e de todos. É assim que a Matriarca, uma velha progenitora, mantém dois filhos presos a um mundo criado conforme seus ideais e mentiras. Numa relação paradoxal de possessão e amor, os filhos ainda dividem matrimônio com a mesma mulher, Rosemary, que os trata como animais submissos. Nesse cotidiano surreal, um par de botas, a arte como refúgio e um mundo de segredos são desvendados com a chegada de um novo professor de artes. Uma família e uma vida obscura. Amarras que não se desfazem por um ciclo de dependência.

 

Dias 20 e 27 de setembro de 2016, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Acesso gratuito. Classificação 12 anos.

 

Contato: Sydnei Malveira ((85) 98852-9707/ (85) 3295-1788/ sidneymalveira@yahoo.com.br)

 

 

 




? Mostra de Dança Experimental [Temporada de Arte Cearense]

 

Espetáculo "Acqua: Dançar de um corpo-espaço"

Cia Milza Gama

A montagem tem origem nas explorações dos processos criativos advindos da especialização da bailarina, atriz e pesquisadora Milza Gama, em Análise do Movimento Laban, ministrada por Regina Miranda, e cuja obra "Corpo e Espaço: aspectos de uma geofilosofia do corpo em movimento" foi tema de grandes debates. Mergulhadas nessa onda de Corpo que se funde com seu Espaço, Milza Gama e Aline Monteiro caminham e dialogam entre dança e poesia, entre mar e areia, entre o tu e o eu, embebidas pela imagem poética e dialogal e pelo encontro entre as conexões Corpo e Espaço, essência humana e natureza.

 

Contato: Milza Gama ((85) 98188-7429 / (85) 99650-1933 / milzagama@gmail.com / ciamilzagama@gmail.com)

 

+

 

Espetáculo "TransiTO"

Dyego Stefann

Um corpo em dança. Que dança. Move-se de lá para ali. Dali para lá. Quais são suas questões?! Haverá alguma?!

 

Contato: Dyego ((85) 3013-1309 / (85) 99807-9583 / dyegostefann_@hotmail.com)

 

+

 

Espetáculo "Equilibrista dos Ventos"

Rafael Abreu

A técnica de equilíbrio é mobilizada pelo intérprete-criador na construção de imagens cotidianas do homem do cangaço. Assim, o figurino característico, com gibão e o simbólico chapéu de couro, é trazido ao palco a serviço da cena, além de oferecer ao público um novo olhar estético a situações cotidianas do homem que dribla a seca no Nordeste brasileiro. Além da dança, o experimento utiliza-se de técnica de circo, do teatro e de um conceito estético musical que potencializa a narrativa da transformação da personagem, dando uma nova ressignificação ao aparelho circense bola de equilíbrio e aos truques executados no decorrer das cenas.

 

Contato: Rafael ((85) 3497-8228/ apeou@hotmail.com)

 

Dias 21 e 28 de setembro de 2016, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação livre.

 

 

 



? Golpe de Vista #23

Tema: A formação do fotógrafo

 

O fazer fotográfico não exige necessariamente uma formação ou habilidade específica. Porém, como estudo, profissão e atividade artística, são diversos os caminhos para uma formação em Fotografia. Entre as questões que discutiremos nesta edição do Golpe de Vista, trazemos o questionamento central: "o que é importante na formação do fotógrafo: técnica ou prática?".

 

De uma livre-formação aos cursos sequenciais, passando pela formação acadêmica, esta edição apresenta três professores convidados com ampla experiência didática: Fernando Jorge, Fernando Maia e Ulisses Narciso. Serão discutidas ainda as possibilidades e facilidades proporcionadas pelo ensino de Fotografia e como o estudo ajuda o profissional a aperfeiçoar técnicas e conhecimento, aprimorando ainda senso estético e sensível.

 

 

SOBRE OS CONVIDADOS

 

Fernando Jorge

É fotógrafo e professor de fotografia. Mestre em Comunicação e Artes pela Universidade Nova de Lisboa, é formado em Comunicação Social pela Universidade Federal do Ceará (UFC), com especialização em Teorias da Comunicação e da Imagem. Leciona na Travessa da Imagem e na Casa Amarela Eusélio Oliveira, equipamento da UFC. Já expôs em mostras coletivas, como o Festival de Fotografia de Tiradentes 2016, os Encontros de Agosto 2011, 2012 e 2014, deVERcidade 2007, a XIV Unifor Plástica e a exposição Postais do Ceará. Fez parte do conselho curador dos Encontros de Agosto 2013. Seu trabalho Memento Mori foi contemplado com o Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia.

 

 

Fernando Maia

Nasceu na cidade do Rio de Janeiro.  Formou-se em 1995, em Belas Artes, na PUC-RJ. Cursou especialização em Fotografia e Vídeo na NORDIC FOLKHIGHSCHOOL BISKOPS  ARNÖ, na Suécia, tem Pós-Graduação em Fotografia, Imagem e Comunicação na Universidade Candido Mendes - RJ e é Mestre em Comunicação - Fotografia e Audiovisual na Universidade Federal do Ceará (PPGCOM/UFC). É Professor Universitário da UFC - Universidade Federal do Ceará (ICA - Instituto de Cultura e Arte - ICA), nos cursos de cinema, publicidade e moda, instrutor do curso internacional de fotografia Massive Academy e Professor Universitário da Faculdades Maurício de Nassau, Instrutor EaD de fotojornalismo do Inta Sobral e professor da Faculdade CISNE de Quixadá. Diretor de Fotografia e Sócio Efetivo - ABC – Associação Brasileira de Cinematografia. Coordenador do Gaeic - Grupo de Análises e Estudos da Imagem Contemporânea vinculado ao Grupo Vilém Flusser / UFC e Membro do Grupo de Pesquisa IARTEH - Investigação em Arte, Ensino e História, na UECE, com o Prof. Dr. José Albio Moreira de Sales.

 

 

Ulisses Narciso

Iniciou-se na fotografia em 1995, fez o Básico de Fotografia da Casa Amarela Eusélio Oliveira (UFC), em 1998. Foi professor do SENAC-CE, 2011 a 2015. Ministrou o curso "Iniciação à Fotografia Digital: Equipamento, Técnica e Estética", na Universidade Corporativa da UNIMED. Compõe o fotoarquivo "Imagem Brasil". Foi membro do Instituto de Fotografia – Ifoto.  Premiado no IV Festival UFC de Cultura, edição 2010 e no Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia: "Queremos Chuva", edição 1999. Participou do "Devercidade", edições 2006/2007, promovido pelo Instituto da Fotografia do Ceará – Ifoto. Participou do "É tudo Fotografia...", promovido pelo Centro Cultural BNB. Participou da exposição "Fortaleza 283 Olhares", pela Prefeitura Municipal de Fortaleza e Instituto da Fotografia – Ifoto. Apresentou ensaio  "Pescador de Imagens", na programação "Quinta Cultural", agosto de 2009. Com sua primeira exposição individual "Cal-vário: a pedra, o fogo, o ,realizadA no MIS - Museu da Imagem e Som em 18/12/2012. Atualmente é professor de fotografia nos CUCA's do Mondubim e Jangurussu.

 

 

Sobre o Golpe de Vista

A ação consolida há mais de um ano uma série de encontros mensais onde convidados e público presente trocam experiências sobre imagem e artes visuais, com ênfase na fotografia e seus desdobramentos. A iniciativa aprimora os conhecimentos fotográficos de forma coletiva além de fomentar fotopasseios, intervenções e destaques a novos atores visuais através do formato fotoclubista. 

 

Dia 22 de setembro de 2016, às 19h, no Auditório. Acesso gratuito.

 

Contato: Éden Barbosa 98836.3715 e 99863.0499

 

 

 



? Quinta com Dança [Temporada de Arte Cearense]

Espetáculo "Dispositivo Móvel"

Experimentus Cia de Dança – Coreografia: Paulo Lima

Sobre a desconexão entre a imposição de normas e a realidade do governo nas cidades brasileiras, frente aos últimos acontecimentos e as manifestações nas ruas, referindo-se às relações de poder apresentadas por Michel Foucault e Giorgio Agamben.

 

Dias 22 e 29 de setembro de 2016, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia). Classificação 16 anos.

 

Contato: Alayde ((85) 98529-0220 / (85) 98529-0220 / futyro@gmail.com)

 

 

 

 



? Dub no Dragão

Com Dub Foundation Sound System, DJ Magão Blacktime e Frank Luz

 

Dando continuidade aos trabalhos do Dub no Dragão e valorizando mais uma vez os artistas alencarinos que se dedicam à produção e gravação de bases e músicas, no dia 22 de setembro, o Dub Foundation Sound System receberá, pela primeira vez, o DJ e beatmaker Magão Blacktime juntamente com o cantor e também beatmaker Frank Luz.

 

Ambos possuem home-studios e vem enveredando já há alguns anos pela produção e gravação de músicas com artistas locais e internacionais, com bases digitais e instrumentais. Caminhando do reggae roots ao dub, mas com um sabor cearense.

Magão Blacktime vem produzindo bases em seu home-studio há alguns anos e lançando diretamente na internet, além do lançamento em vinil pelo próprio selo, o Blacktime. É reconhecido por realizar releituras de clássicos dos salões e consegue timbragens acústicas, apesar de utilizar equipamentos digitais.

 

Frank Luz é cantor da banda Tropical Dub e vem produzindo e gravando as músicas de sua banda e outros artistas em seu estúdio, o Arca Negra, que prima por utilizar equipamentos "vintage", sempre conferindo um sabor analógico e uma pegada dub em suas produções.

 

Oficina

Neste mês, além da música, o Dub no Dragão também oferece uma oficina gratuita de Sonorização no Reggae, com Georgos Gazos. O objetivo é ensinar a fazer sonorização com equipamentos simples. A oficina será no dia 24 de setembro, às 16h, no Auditório do Dragão do Mar.

 

Música: dia 22 de setembro, às 18h, na Praça Almirante Saldanha. Acesso gratuito.

Oficina: dia 24 de setembro, às 16h, no Auditório. Acesso gratuito.

 

Contato: Victor (85) 98404-0155 / victor.f.o.a@gmail.com

 

 

 

 

? Workshop de Geofilosofia & Meditação

Aula prática de Meditação & de Geofilosofia, que busca resgatar a herança cultural dos povos antigos para auxiliar-nos a viver de maneira mais consciente e inteligente, trazendo soluções milenares para problemas modernos. Já no dia 23 de setembro, a palestra falará sobre "Viagem Astral & Sonhos Lúcidos com aulas práticas de meditação".

 

Dia 23 de setembro de 2016, às 19h, no Auditório. Gratuito. 12 anos.

 

Contato: 3476-9507, 98879-1422 (Oi), e 99626-1541(Tim whatsapap)

 

 

 

 

? Dragão Blues

O projeto mensal apresenta grandes nomes do blues cearense e convidados de outros estados. Nesta edição, confira shows de Allysson dos Anjos e banda Puro Malte.

 

Allysson dos Anjos

É guitarrista e compositor cearense com influências de blues rural, jazz, country, folk e clássicos do rock'n'roll setentista. "Em 2007, foi apontado como uma das revelações do Festival de Jazz & Blues de Guaramiranga" (jornal Diário do Nordeste), participou de festivais como Rock Cordel, Festival Blues do Nordeste 2011 e 2012, Casa do Blues, Mostra de Música Instrumental do Centro Cultural Banco do Nordeste, foi uma das atrações do Festival Literário Rota das Especiarias em 2011 e 2012, Festival Canoa Blues 2012 entre outros, "sempre com ótima repercussão de público e crítica" (jornal O Estado).

 

Em 2011, concorreu no Festival de Música da Rádio Universitária FM promovido pela Universidade de Federal do Ceará, com sua composição "Blues de Dois", música instrumental que mistura Blues e Baião com guitarras e elementos nordestinos, ficou em 2° lugar na classificação final e fará parte de um CD coletânea. Em 2014, lança o EP intitulado "Violent Climax", lançado no "Festival Jazz e Blues" CE, o trabalho traz quatro faixas autorais gravadas em estúdio e duas faixas bônus, gravadas ao vivo no Festival de Guaramiranga. Em julho de 2015, ministrou o 1° curso sobre a História do Blues, no Espaço Cultural O Povo. Atualmente, prepara novo show com composições inéditas e interpretações de clássicos de Robert Johnson e Jimi Hendrix.

 

+

 

Puro Malte

Como um bom uísque, a Puro Malte visa o deleite e a satisfação de quem tiver a oportunidade de assistir a seus shows, unindo doses generosas do bom e velho Blues, curtido no vácuo das válvulas, com a energia e a virilidade do Rock 'n' Roll, seja em interpretações de clássicos seja em composições próprias que adicionam uma autenticidade e transição indispensável. A banda iniciou suas atividades em 2006 e já participou de alguns dos principais festivais da região do

Compartilhar
Publicidade
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001