14 de outubro de 2019 às hm
CÂMARA MOSTRA CONSTITUIÇÃO EM VIGOR DESDE ABRIL DE 1989

 

 

 

 

O deputado Antônio Câmara, em preto e branco, mostra a Constituição de 1989(agora completando 30 anos), resultado de grande trabalho dos parlamentares da época, sob seu comando, já que era o Presidente da então Constituinte. A Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, sob o comando do Presidente Sarto Nogueira está lembrando o feito com inúmeros eventos iniciados em Fortaleza e que deverão chegar ao interior do estado. Além de seminário sobre o tema e solenidade especial, eventos já concretizados, foi lançada a edição da Revista Plenário referente a Setembro/Outubro, mostrando os bastidores da Carta, da Liberdade, da Justiça e Democracia do Estado do Ceará. O Coordenador de Comunicação Social da Assembleia, jornalista Daniel Aderaldo escreveu na página 5 de revista o importante artigo intitulado "Resgatando História e Instigando Debates".


VAMOS AOS DADOS- "A Constituição do Estado do Ceará completa, neste mês de outubro, 30 anos, e, para celebrar esse marco, a Assembleia Legislativa desenvolveu uma série de ações a fim de chamar a atenção da sociedade cearense para a importância da nossa Lei Maior e para seu impacto na vida cotidiana da população. Ao iniciarmos o trabalho de pesquisa para fazer face a esse desafio, sentimos também a necessidade de realizar um grande resgate histórico desse período e, assim, oferecer aos cidadãos fontes de consultas oficiais e confiáveis de fácil acesso, além de, ao mesmo tempo, instigar uma discussão atual sobre o estado democrático de direito".


A EQUIPE- Fez questão de afirmar o jornalista Daniel Aderaldo que "Nossa equipe de comunicação de pronto assumiu a tarefa e embarcou nessa empreitada. Durante meses, dedicamo-nos a buscar documentos, fotografias e, sobretudo, ouvir fontes que participaram ativamente do processo de elaboração da nossa Carta Magna, não somente os parlamentares que elaboraram a apreciaram o texto, mas também assessores que atuaram no dia a dia das discussões de cada um dos 336 artigos que compõem nossa Constituição, bem como juristas que se dedicam ao estudo das leis na academia ou militam no Direito em nosso Estado".
PARTICIPAÇÃO- Em seu importante trabalho de abertura, na revista que retrata os 30 anos da Constituinte no Ceará, Daniel Aderaldo faz questão de ressaltar que a contextualização histórica e a discussão atualizada, são, portanto, parte de um trabalho maior, feito coletivamente pelos profissionais da TV Assembleia, FM Assembleia, Núcleo de Mídias Digitais, Agência de Notícias e Jornal AL Notícias, tudo em parceria e com apoio dos diversos setores da Casa, da academia e dos atores que narram os acontecimentos da época em questão.


E ENFATIZOU- "Nossa equipe atuou trocando informações, compartilhando entrevistas, debatendo inconsistências e alinhando um material de primeira qualidade, para entregar aos cearenses conteúdos jornalísticos das diversas plataformas de que dispomos na estrutura de nossa Casa Legislativa. Esta edição da “Plenário” é resultado desse esforço conjunto, articulado e irmanado de profissionais comprometidos com o desejo de entregar ao Ceará uma informação pública em sintonia com os anseios do povo cearense. Primamos aqui pela pluralidade de opiniões e, simultaneamente, temos um pacto inquebrável com os fatos, sempre com intuito de informar e conscientizar, além de contribuir para o fortalecimento e a valorização do Poder Legislativo". E Daniel Aderaldo conclama aos cearenses: "Aproveite a leitura e diga-nos se nos aproximamos desses objetivos. Envie suas críticas e sugestões. Os elogios também são bem-vindos".


O QUE VOCÊ VAI ACOMPANHAR- Ampla matéria e palavra oficial do Presidente da Assembleia, Dr. Sarto Nogueira; palavra do constitucionalista João Alfredo(que foi também vereador em Fortaleza e deputado federal), que declara: "Nós criamos um mecanismo aqui - eu observo que não tem em outros estados - que é a aprovação de projetos de grande impacto pelo Conselho Estadual do Meio Ambiente". Entre tantas participações, a Plenário trás declarações importantes dos deputados Moisés Braz(PT), João Jaime (DEM); Marcos Sobreira (PDT); Davi de Raimundão (MDB, suplente no exercício do mandato); Delegado Cavalcante (PSL); Sérgio Aguiar(PDT, que sucede na AL, seu avô Murilo Aguiar e seu pai Francisco Aguiar, que foram peças importantes na Casa do Povo, ao longo da história); Nezinho Farias(PDT); David Durand (REP); Fernanda Pessoa (PSDB); Acrísio Sena (PT);Fernando Santana (PDT); Audic Mota (PSB); Salmito (PDT); Fernando Hugo (PP); Romeu Aldigueri (PDT); Tin Gomes (PDT); Evandro Leitão (PDT); Dra. Silvana(PR); Carlos Felipe(PCdoB); Guilherme Landim(PDT, que sucede na AL seu pai, Wellington Landim, que foi um dos mais eficientes dirigentes da Casa em sua história); Aderlania Noronha (SD); Oriel Nunes Filho(PDT, suplente no exercício, que sucede na Casa, seu pai, Oriel Nunes, seu irmão, Neto Nunes e sua cunhada Laís Nunes, atual prefeita de Icó; Augusta Brito (PCdoB); Danniel Oliveira(MDB); Queiroz Filho (PDT); Edilardo Eufrásio (MDB, suplente no exercício);André Fernandes (PSL, o deputado mais votado nas últimas eleições); Walter Cavalcante; Heitor Férrer (SD); Érika Amorim(PSD, que substitui na AL, seu marido Naumi Amorim, atual prefeito de Caucaia); Nelinho Freitas(PSDB); Júlio César Filho (Cidadania); Renato Roseno(PSOL); Patrícia Aguiar (PSD); Elmano Freitas (PT); Leonardo Araújo (MDB); Leonardo Pinheiro (PP); Nizo Costa(PSB); Tony Brito (PROS); Jeová Mota (PDT) e Manoel Duca (PDT), suplente no exercício.




COMPARTILHAR




Mais - Coluna do Viana

  1. 15.11.2019Sexta ESTADO ANUNCIA NOVA DATA PARA MEDALHA DA ABOLIÇÃO
  2. 14.11.2019Quinta CONHECIDOS LÍDERES SE UNEM PARA TRABALHAR PELA CAPITAL
  3. 13.11.2019Quarta CARTILHA EDUCATIVA LANÇADA AGRADA MUITO A ÉRIKA AMORIM
  4. 12.11.2019Terça TV SENADO AGORA CHEGA A JUAZEIRO DO NORTE/CE
  5. 11.11.2019Segunda TONY BRITO(PROS) SATISFEITO COM O QUE FEZ NA ASSEMBLEIA
  6. 07.11.2019Quinta DEPUTADO QUER PRÉDIOS PÚBLICOS ABASTECIDOS COM ENERGIA SOLAR
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001