08 de julho de 2019 às hm
GRANJA FALA DOS EQUÍVOCOS E A REALIDADE DO SUS NO PAÍS

 

 

 

 

Para o médico, ex-prefeito de Jaguaribara e deputado estadual há duas décadas " O Sistema Único de Saúde (SUS) é uma ideia fantástica com seus três níveis de atendimento, primário, secundário e terciário, mas apresentam graves distorções. Existem equívocos na realidade da saúde pública brasileira que precisam ser enfrentados e modificados. Cabe a Atenção Básica responder positivamente pela demanda de 80% dos casos de atendimento inicial, trabalhando o atendimento preventivo, a assistência pré-natal, a prevenção da mulher e do homem. É no setor primário que temos de atender os casos de diabetes, hipertensão, e as consultas em geral. Ocorre que os investimentos nessa área estão bem abaixo do ideal".


SAIBA MAIS- Segundo Antonio Granja (Foto), " O Programa Saúde da Família((PSF) recebe em torno de R$ 10.650 do Governo Federal para manter uma equipe. Esse recurso não paga nem o médico ( R$ 11.500), deixando um déficit no pagamento do enfermeiro (R$ 3.000), do técnico de enfermagem ( R$ 1.200), do motorista, do auxiliar de farmácia e do auxiliar de serviços gerais(R$ 998 cada, ou seja, o salário mínimo vigente no País). Para bancar todo custeio seria necessário pelo menos R$ 20 Mil Reais, sem falar no pagamento do Agente de Endemias e do Agente Comunitário de Saúde, que fazem parte da Unidade Básica de Saúde , e dos insumos: combustível, transporte, medicação básica, energia, etc. que a UBS precisa ter para funcionar bem".


COMO FECHAR A CONTA? - NA opinião do experiente médico, que foi Prefeito e tornou-se legislador, é uma situação inoperante. O atendimento é Obrigatório por Lei. Com isso, muitas equipes do Programa Saúde da Família-PSF, funcionam de forma precária, sem a presença do médico e até casos sem enfermeiro(a), com isso, o técnico de enfermagem passa a ser o responsável pelo atendimento. Portanto, o SUS que deveria ser o alicerce do Sistema, na verdade vem funcionando de forma precária. Para se obter resultados positivos é imprescindível a aplicação de mais recursos, bem como um Acompanhamento e fiscalização mais rigorosos, admite Antonio Granja.


E DISSE TAMBÉM- "Em minha experiência profissional de mais de 30 anos acompanhando esse sistema de saúde posso citar algumas situações que um bom atendimento básico e rigoroso reduziria quantitativamente e progressivamente a super lotação nos casos de transferência para o serviço terciário. No caso de hipertenso mal conduzido poderá evoluir para complicações cardiovasculares ( acidente vascular cerebral, infarto agudo do miocárdio, etc). A mesma situação se aplica a um paciente diabético que pôde evoluir muitas vezes para um quadro de pré-diabético, insuficiência renal crônica( com necessidade de hemodiálise) e coma diabético. Uma gestante com quadro de pré eclampsia leve evoluindo para eclampsia E muitos pacientes com indicações de cirurgias eletivas: hérnias, litíase das vias urinárias, que quando não atendidos em tempo hábil poderão evoluir para complicações graves necessitando do atendimento terciário. Em todas essas situações e muitas outras, essas complicações seriam evitadas se tivéssemos na atenção básica e secundária um atendimento de qualidade eficaz. Portanto, de nada adianta construir hospitais com estrutura secundária e terciária de Ponta, e muito cara, enquanto o país continuar negligenciando a atenção básica. Este é o maior desafio do SUS em seus mais de trinta anos de existência, que é garantir a prevenção e salvar maus vidas. É imprescindível mudanças no Sistema Único de Saúde(SUS).


MORTALIDADE INFANTIL- O município de Icó registra a menor taxa de mortalidade infantil da história. A informação foi passada pela secretária de saúde, Dra. Orianna Nunes, durante reunião com a equipe e a coordenadora da pasta, Dra. Luciana Barreto. " 2018 foi o ano em que morreu menos crianças na história do município. Comemorar a vida é um sentimento muito nobre. Temos no momento a menor taxa de mortalidade infantil de todos os tempos", enfatizou a secretária, que também atribuiu os dados sobre empenho e compromisso da prefeita Laís Nunes.


TURISMO INTERNACIONAL- O deputado Sérgio Aguiar (PDT) foi bastante enfático da tribuna da Assembleia Legislativa, ao discorrer sobre o crescimento do turismo mundial divulgado pela pesquisa anual do Eirf Travel & Tourism Council ( Conselho Mundial de Viagens e Turismo). De acordo com o Conselho, esse índice alcançou 3,9% no último ano, contribuindo com o recorde de US$ 8,8 trilhões e 319 milhões de empregos até o final do ano. O Ceará vem seguindo a mesma linha de crescimento, afirmou Aguiar, " principalmente após a implantação do junto aéreo e o anúncio pela Companhia Cabo Verde Airlines, que começou o operar a terceira frequência entre Fortaleza e a ilha do Sal, em Cabo Verde. A partir da África é possível realizar conexões rápidas para Milão, na Itália; e Lisboa, em Portugal", lembrou Sérgio.




COMPARTILHAR




Mais - Coluna do Viana

  1. 19.09.2019Quinta Canindé promove a missa dos comunicadores dia 27
  2. 18.09.2019Quarta ELES E MAIS GILBERTO KASSAB NA FILIAÇÃO DE CARLOMANO
  3. 17.09.2019Terça ESPECIALIZAÇÃO DA USP FORA DE SÃO PAULO SERÁ NO CEARÁ
  4. 16.09.2019Segunda ROMEU ALDIGUERI FAZ SOLICITAÇÕES A CAMILO
  5. 13.09.2019Sexta Onélia Santana inaugura obras em General Sampaio
  6. 12.09.2019Quinta FRENTE PARLAMENTAR DA AL/CE DISCUTE QUESTÃO DO SUICÍDIO
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001