08 de maio de 2019 às hm
Fisioterapia nas Cefaléias Cervicogênicas
 
 
A coluna cervical é considerada como possível fonte de dor de cabeça, entretanto ainda existem algumas controvérsias a respeito da fisiopatogênese, quadro clínico e tratamento.
 
 
Cefaleia cervicogênica é toda cefaléia cuja origem tem como sede as estruturas do pescoço ou da parte baixa da cabeça - ossos, periósteo e músculos dos três primeiros segmentos vertebrais, articulações uncovertebral e intervertebral, disco, ligamentos, inervação: nervos, gânglios, raiz, incluindo a dura-máter da medula e fossa posterior e artéria vertebral de C1 a C3.
 
 
Assim como nas migrâneas (enxaquecas), nas cefaléias cervicogênicas pode haver queixas de náusea, vômito, irritabilidade, fono e fotofobia. Para o diagnóstico diferencial, avaliamos características específicas como Pontos gatilho, caracterizados por dor a dígito-pressão na região da emergência dos nervos occipitais maior e menor, onde no migranoso, a dígito-pressão, algumas vezes, pode também ser dolorosa, mas as características da dor são distintas das que ocorrem durante a crise. Na cefaléia cervicogênica, a compressão induz a dor, precipitando uma crise que pode persistir por dias ou cessar logo após a descompressão.

Outros fatores nos levam ao diagnóstico diferencial como, a precipitação de ataques com a movimentação cervical ou por postura persistente do pescoço. A dor da cefaléia cervicogênica pode se irradiar para ombros e braços; apresenta-se usualmente unilateral e não-pulsátil 
 
Como problemas na cervical podem causar dores de cabeça ?

Anatomicamente e fisiologicamente, a parte cervical superior das 3 primeiras raízes nervosas (localizado na C1, C2 e C3) compartilham um núcleo de dor (que sinaliza rotas de dor ao cérebro) com o nervo trigêmeo. Este nervo é o principal nervo sensorial que transmite mensagens de seu rosto para o cérebro. A parte superior das três raízes nervosas da coluna cervical enviam fibras em direção à cabeça que convergem para o núcleo trigeminal, que estão localizados no topo da medula espinhal.
 
 
Sinais e sintomas de dor de cabeça por origem cervicogenica

• Ser agravada por movimentos do pescoço ou posturas
• Pressão sobre o pescoço em sua parte superior
• Inicia na base da cabeça, onde o crânio se encontra com pescoço e se espalha para cima e ao redor da cabeça
• Sensibilidade crítica à luz (fotofobia).
• Sensibilidade ao som (fonofobia).
• Náuseas ou vômitos.
• Cabeça latejando.
• Variação de níveis de dor, sendo mais ou menos intensos, ocorrendo todos os dias.
• Dor de cabeça pode ser agravada ou iniciada pelos movimentos da cabeça ou do pescoço.
• Acentuada sensibilidade na região suboccipital.
• Em peso ou pressão ou aperto, muitas vezes simulando uma faixa ou capacete apertado em volta da cabeça;
• Habitualmente localizadas na fronte e/ou na nuca e topo da cabeça;
• De intensidade leve a moderada ou moderada, não impedindo as atividades rotineiras diárias;

Existem diversas intervenções terapêuticas para essa condição patológica, dentre elas a fisioterapia destaca-se como uma importante abordagem no controle sintomatológico. Embora a terapia manipulativa seja o tratamento de escolha da maior parte dos fisioterapeutas, os ensaios clínicos que descrevem a sua efetividade são escassos na literatura. O fato do envolvimento de diferentes regiões e tecidos relacionados a este conjunto de disfunções, deve estimular a abordagem do fisioterapeuta com técnicas manuais para os componentes articulares e miofasciais, tanto locais quanto adjacentes
 
Conceitos Terapêuticos:

Inibição Muscular Reflexa

Quiropraxia

Osteopatia,

Mulligan

Terapia Neural
 
Dry Needling
 

Dr. Antonio Viana C Junior (Fisioterapeuta)
 
 
 
INTERSAUDE - SOLON PINHEIRO 1539

(85) 98845-9623/99955-7355




COMPARTILHAR




Mais - Saúde em Dia

  1. 11.10.2019Sexta Terapia Neural - Tratamento Eficaz de Dores Agudas e Crônicas
  2. 04.09.2019Quarta Fisioterapia no tratamento da cefaleia do tipo tensional
  3. 22.05.2019Quarta Fisioterapia no Pós Operatório de Cirurgias Ortognáticas
  4. 08.05.2019Quarta Fisioterapia nas Cefaléias Cervicogênicas
  5. 21.04.2019Domingo Efeitos da Terapia Manual nas DTM
  6. 27.03.2019Quarta Fisioterapia em DTM e Dor Orofacial em Fortaleza
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001