27 de outubro de 2017 às hm
Terapia Neural - Tratamento Eficaz de Dores Agudas e Crônicas
Resultado de imagem para terapia neural
Terapia Neural é a abordagem que diagnostica e trata distúrbios do sistema nervoso autônomo que se manifestam nas disfunções habitualmente tratadas pelos fisioterapeutas, tais como bursites, epicondilites, enxaquecas, tenossinovites, sequelas de fraturas e traumatismos, bloqueios osteomioarticulares, miosites, artrites, hérnias discais, fibromialgia e dores musculoesqueléticas como um todo.
Os distúrbios são geralmente associados a campos neurais de interferência, são instáveis eletrofisiologicamente e emitem sinais que desequilibram o sistema nervoso autônomo.
Tais distúrbios desencadeiam respostas irritativas, inflamatórias e álgicas, desequilibrando as funções osteomioarticulares, e de órgãos e sistemas corporais.
Cicatrizes, distúrbios dentários, processos infecciosos locais e outros podem gerar campos de interferência, os quais merecem um cuidado à parte. Por exemplo, uma cicatriz de cirurgia abdominal pode desencadear quadros de enxaqueca crônica, refluxo, tinnitus, cólon irritável, distúrbios do sono e quadros depressivos que podem ser devidamente reequilibrados com estímulos adequados administrados pelo fisioterapeuta.
O sistema nervoso autônomo, nos seus componentes simpático e parassimpático, reagem a estímulos estressores de diversas formas. Síndromes miofasciais e outras síndromes dolorosas podem ocorrer. Funções viscerais podem ser afetadas causando refluxo, asma, angina, irregularidades menstruais, etc. A princípio, as disfunções musculoesqueléticas possuem um componente neurovegetativo, seja simpático ou parassimpático.
O fisioterapeuta ao diagnosticar as disfunções cinesiológicas funcionais, identifica os campos neurais afetados e administra estímulos específicos visando reequilibra-los. Os estímulos geralmente respeitam a organização segmentar do corpo.
O termo Fisioterapia Neural tem um novo significado para o fisioterapeuta mundialmente, intervindo na regulação do sistema nervoso autônomo na atenção às disfunções dolorosas e cinéticas funcionais humanas, induzindo processos de auto-regulação e de reequilíbrio.
A abordagem soma benefícios e resultados positivos às abordagens mais modernas, incluindo aquelas de reprogramação postural, manipulativas, osteopáticas, cinesioterapêuticas, eletrotermofototerapêuticas, acupuntura (bioenergéticas), hidrocinesioterapêuticas e outras.
Trata-se de abordar componentes neurovegetativos normalmente não contemplados em outros métodos, com agulhamento favorecido por agente neuralterapêutico, amplificador do estímulo aplicado.
Os estímulos desencadeam alterações nos canais de cálcio e funções mitocondriais, normalizando o potencial de ação da membrana celular nos sítios afetados.
É uma das principais ferramentas do FISIOTERAPEUTA CLÍNICO de vanguarda.
PATOLOGIAS TRATADAS:


- Alterações músculoesqueléticos (tendinopatias, artropatias, mialgias, bursite)
- Dores no quadril, joelhos, tornozelos e pés
-Dores em ombros, braços e mãos
- Dores na coluna vertebral, cervical, torácica e lombar
- Cicatrizes Hipertróficas
- Enxaquecas
Em FORTALEZA:
 
 
Dr. Antonio Viana de Carvalho Júnior (Fisioterapeuta)
 
 
 
Especialista em Fisioterapia Traumato-Ortopédica
 
Especialista em Osteopatia
 
Quiropraxia Clínica
 
Disfunções da ATM
 
Pós-Operatório de Cirurgias Buco-Maxilo Faciais

Dry Needling

Terapia Neural
 
 
 
CONTATOS:
 
(85) 98845-9623 / 99955-7355
 



COMPARTILHAR




Mais - Saúde em Dia

  1. 13.04.2018Sexta Fisioterapia nas Disfunções da ATM e Dores Orofaciais
  2. 14.02.2018Quarta Cefaléia e Disfunção da ATM
  3. 01.02.2018Quinta Fisioterapia no Pós Operatório de Cirurgias Ortognáticas
  4. 23.01.2018Terça Fisioterapia nas Cefaléias Cervicogênicas
  5. 19.12.2017Terça Fisioterapia em DTM e Dor Orofacial em Fortaleza
  6. 05.12.2017Terça Dry Needling - para dores miofasciais
Todos os direitos reservados para avol.com.br - no ar desde 2001